Sancionada em maio pelo presidente #Michel Temer, a lei que obriga os motoristas de todo o país a trafegarem pelas rodovias com o farol baixo ligado durante o dia começou a valer nesta sexta-feira, dia 8. O motorista que for pego com o farol desligado será multado e perderá pontos na carteira. Para as motos, essa obrigatoriedade sempre existiu.

Após a sanção presidencial, os motoristas tiveram 45 dias para se adaptarem à nova regra. A partir de agora, quem for pego com o farol baixo desligado, em qualquer horário do dia, nas rodovias do país, estará cometendo uma infração de trânsito média, pagará R$85,13 de multa e perderá 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que, em novembro, os valores das multas de trânsito serão reajustados, neste caso, quem desrespeitar a nova lei pagará R$130,16. Aumento de 52%.

Tanto para a Polícia Rodoviária Federal, quanto para os especialistas em trânsito, a nova lei ajudará muito na redução de acidentes nas estradas brasileiras. Veículos com os faróis acessos durante o dia podem ser vistos a cerca de três quilômetros de distância. Isso aumenta o tempo de reação disponível para quem está na direção contrária. Além disso, os faróis acessos diminuem a distração dos motoristas nas estradas, onde cerca de 30% dos acidentes acontecem devido a esse fator.

Nos Estados Unidos, a NHTSA, o órgão que administra as rodovias do país, corrobora com a eficiência da nova lei na redução de acidentes. Medida semelhante adotada pelos americanos reduziu em 5% os acidentes entre os carros, e em 12% os atropelamentos de ciclistas e pedestres. 

Mas os motoristas devem ficar atentos com a nova lei; faróis de milha ou de neblina não serão permitidos como substitutos.

Publicidade

Apenas o farol baixo ou as luzes diurnas (DRL), presentes em alguns carros novos, estarão de acordo com a nova #Legislação. Quem deve ficar atento também são os motoristas que deixam os faróis no modo automático, ou seja, só acendem quando a luz natural não é suficiente. Agora, eles deverão voltar o ajuste dos faróis para o manual, se não quiserem correr o risco de serem multados durante o dia.