Amigos e fãs do apresentador Jorge Kajuru suspeitam de que algo chocante tenha ocorrido com o comunicador. A especulação é que ele possa ter sido alvo de alguma represália. O jornalista está sumido há 24 horas. A última vez que ele deu notícia foi às 14h deste sábado, 02, quando fez um post no Facebook falando sobre a prisão de Carlinhos Cachoeira. De acordo com diversos sites locais de Minas Gerais, onde Kajuru estaria trabalhando na mídia esportiva, a Polícia já investiga o caso. A jornalista Keija Jimenez, do R7, também publicou uma nota neste domingo, 03, confirmando o desaparecimento de um dos mais polêmicos profissionais da mídia.

Jorge Kajuru é conhecido por falar aquilo que vem na cabeça.

Publicidade
Publicidade

Por isso, é um dos profissionais mais processados de toda a imprensa, tendo até discussões ao vivo que quase culminaram em "quebradeira". Justamente pelo jeitão, os poucos amigos que ele mantém são muito sinceros e gostam muito do trabalho do colega. São esses que estão nesse momento trabalhando para solucionar todo o mistério por trás do sumiço do repórter.

Um dos primeiros a avisar que Kajuru teria sumido foi um produtor que trabalha com o apresentador. Ele usou o Facebook para comunicar o desaparecimento do repórter. A página de Kajuru no Facebook chegou a sair do ar, mas nesta tarde, ela já havia voltado ao normal. No entanto, até o fechamento desta reportagem, ainda não tinham encontrado Jorge, que trabalhou nas principais emissoras de televisão do país. O comunicador, segundo Keila Jimenez, sofreria de diabetes e também bipolaridade. 

A Polícia local, através de amigos do jornalista, já teria começado as investigações.

Publicidade

A pior notícias que ninguém que ouvir é que algo de ruim tenha acontecido com ele. O produtor passou um telefone de contato e pede que qualquer pessoa que tenha informações sobre o paradeiro do comunicador, ligue. O número é o 062–981-46-32-03. Lembramos que trotes não ajudam em nada, especialmente nesse momento tão difícil. Por isso, cuidado com o uso do telefone.  #É Manchete!