O comentarista Marco Antonio Villa não poupou críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) ao comentar uma decisão de um órgão  fala da prefeitura da maior cidade do país, São paulo. O governo que está nas mãos do prefeito Fernando Haddad deu uma polêmica decisão, que proíbe a exibição da bandeira nacional brasileira em pontos da Avenida Paulista, como no prédio da Federação das Indústrias de São Paulo, a Fiesp. Caso não cumpra com a lei imposta pela prefeitura, a Fiep pode ser obrigada a pagar o valor de R$ 10 mil. Nem mesmo uma projeção no led do prédio é permitida. 

Para o jornalista Marco Antonio Villa, a proibição "É um crime de traição nacional".

Publicidade
Publicidade

Ele diz que o município considera exibir a bandeira como um ato de sujeira, já que se enquadra na 'Lei da Cidade Limpa'. " Para a Prefeitura, a bandeira nacional suja a cidade de São Paulo", diz o comunicador irritado. Recentemente, o jornalista que agora trabalha para a Rádio Jovem Pan de São Paulo chegou a chamar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "psicopata", causando grande polêmica na internet. 

O comunicador argumenta que o partido de Lula e Dilma odeia os símbolos nacionais e que, por isso, a bandeira do Brasil não pode ser exibida. Ele cita o brasão da república que chegou a ser retirado dos passaportes brasileiros, entrando o símbolo do Mercosul. No entanto, a mudança já foi revertida e o passaporte já tem o brasão novamente. 

A fala do jornalista ganhou grande repercussão nas redes sociais.

Publicidade

Muitas pessoas concordaram com seus argumentos. No fim de semana, uma manifestação comandada pelo 'Vem Pra Rua' levou centenas de pessoas até à Avenida Paulista. Elas estavam vestidas de verde e amarelo e carregavam bandeiras do Brasil. O ato foi para repudir a decisão do órgão da prefeitura de Fernando Haddad.

O petista tentará nos próximos meses à reeleição, mas ele é um dos candidatos com menor percentual de votos na corrida eleitoral, além de ter também a maior rejeição entre todos eles. Pelo visto, os paulistas não gostaram de sua gestão. 

Veja o vídeo com o comentário do jornalista:

#PT