O revezamento da tocha olímpica continua por todo país. E hoje provocou momentos de emoção com uma de suas convidadas ilustres. Laís Souza, que representava o Brasil como ginasta e hoje está tetraplégica, foi uma das convidadas a levar a tocha pelo percurso.

Era explícita a alegria da ex-ginasta em poder vivenciar esse momento e participar de alguma maneira das olimpíadas no Brasil. Laís fez o percurso de 200 metros em sua cadeira de rodas que tem um recurso para conseguir deixá-la de pé. Ela afirmou que ficou feliz em ter a oportunidade de realizar essa experiência e era uma maneira de representar a classe de cadeirantes.

Publicidade
Publicidade

Laís Souza contou com a ajuda de seu pai, que esteve ao seu lado durante o percurso. Depois de completar o trajeto, ela passou a vez para Fernando Fernandes, campeão mundial paraolímpico de canoagem. Infelizmente, Fernando não irá participar das olimpíadas.

Laís recebeu convite do canal SPORTV e estará participando das coberturas feitas pelo canal e contando sobre os bastidores dos ginastas durante os #Jogos.

Tour da Tocha

A tocha olímpica continua percorrendo o país e agora se encontra capital paulista neste domingo (24), e um time de celebridades fará o revezamento, entre eles estão o cantor sertanejo Luan Santana e a funkeira Ludmilla.

Trajetória de Laís no esporte

Laís Souza nasceu na cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo. Ela foi esportista e começou sua carreira com apenas 4 anos e entrou para a equipe brasileira de ginástica no ano de 2001.

Publicidade

Ela competiu na ginástica artística representando o Brasil nos Jogos Olímpicos nos anos de 2004, em Pequim e 2008, na China.

No ano de 2014, a ginasta resolveu se aventurar em outra modalidade de esporte, o esqui aéreo e com muita dedicação conseguir uma vaga para disputar as olimpíadas de inverno realizada em Sochi. Mas, infelizmente, um acidente trágico aconteceu enquanto ela treinava deixando a esportista tetraplégica.

Acidente

Laís sofreu o acidente em janeiro de 2014, nos Estados Unidos. Enquanto esquiava, ela bateu em uma árvore e lesionou uma vértebra, mesmo sendo socorrida imediatamente acabou ficando com sequelas. #Rio2016