A presidenta afastada Dilma Rousseff não está mesmo em uma maré de sorte, ou não está dando sorte pra ninguém. Ela foi até ao estado do Sergipe, no município de Aracaju, se reunir com os líderes dos partidos que a apoiam. O discurso da presidente estava agendado para acontecer em uma praça pública. O ato ocorreu no final da tarde dessa segunda-feira (25).

A praça General Valadão, onde aconteceu o discurso, fica na capital sergipana e reunião. No intuito de querer ver a presidenta Dilma mais de perto, um homem acabou morrendo eletrocutado.

O rapaz, que ainda não foi identificado, parecia ter aproximadamente 30 anos e, de acordo com o relato de pessoas que presenciaram a fatalidade, ele parecia ser um mendigo.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações dos organizadores do ato, houve o pedido para que o jovem descesse do poste e o mesmo se recusou, levando seu plano de subir toda estrutura até o final.

O rapaz acabou recebendo um choque elétrico fortíssimo. A descarga recebida por ele foi de cerca de treze mil volts, provocando sua queda da estrutura de cinco metros de altura. Ele sofreu um trauma na cabeça e uma parada cardiorrespiratória.

As equipe de socorro foram acionadas e prestaram atendimento à vítima, mas, devido à gravidade da situação, infelizmente, o homem não sobreviveu ao forte trauma. O corpo foi levado ao necrotério do município. As pessoas que estavam no local para acompanhar o discurso que seria realizado pela Dilma, ficaram chocadas com toda cena que testemunharam no local.

Choque elétrico

O choque acontece quando entramos em contato direto com a corrente elétrica e o nosso corpo acaba servindo como condutor da energia.

Publicidade

Dependendo da voltagem, o acidente pode ocasionar um simples susto ou até levar a vítima até #Morte.

O que fazer em acidentes com choque elétrico?

A primeira atitude é interromper o fluxo de energia que a vítima esta em contato, desligando a chave elétrica. Afaste o condutor de elétrica usando materiais não condutores como madeira, vassoura. O ideal é sempre solicitar ajuda ao corpo de bombeiros e ao SAMU, que tem profissionais qualificados para prestar socorro adequado.

Veja as cenas no vídeo:

 

 

  #Dentro da política