Um dos casos que mais chocou o Brasil neste ano invadiu a apresentadora Ana Hickmann. Um fã decidiu sequestrar a comunicadora e depois atentar contra a vida dela. Ele acabou sendo morto pelo cunhado da famosa, Gustavo Correa. No entanto, nesta quinta-feira, 07, uma reviravolta aconteceu no caso. De acordo com o jornal Extra, Gustavo deve ser indiciado pelo #Crime de homicídio. A decisão foi protocolada pelo promotor Francisco de Assis Santiago, de Belo Horizonte, em Minas Gerais. 

O promotor disse que se posicionou assim após a Polícia Civil chegar a dizer que Gustavo teria agido em legítima defesa, quando matou Rodrigo Augusto de Pádua, o fã que tentou matar Ana Hickmann.

Publicidade
Publicidade

Com isso, agora o cunhado de Ana deve ser acusado de assassinado. A Justiça, no entanto, ainda precisa acatar o pedido do promotor para que ele se torne réu. De acordo com o Extra, a família da contratada da TV Record prefere não falar sobre essa reviravolta no caso e revelou apenas que não foi notificado sobre qualquer mudança da justiça.

O advogado Maurício Benfica, que defende a comunicadora, foi quem passou essa informação ao jornal. No atentado promovido pelo fã de Hickmann, a cunhada dela, Giovana Oliveira, chegou a ficar ferida. Ela comentou com o jornal que está bem, mas que também não quer falar sobre a decisão do promotor. Apesar do atentado, a apresentadora conseguiu se restabelecer rapidamente no ambiente de trabalho. O dia de terror, no entanto, jamais será esquecido. O caso aconteceu em maio deste ano e Giovana chegou a ser internada com gravidade em um hospital de Belo Horizonte. 

Na ocasião, o fã de Ana Hickmann descobriu através de uma rede social que ela se hospedaria em um hotel de luxo de Belo Horizonte.

Publicidade

Ele vendeu itens caros para conseguir realizar a ação. Já no hotel, ele rendeu Gustavo e o obrigou a levá-lo até o quarto onde estava hospedada a apresentadora. Por lá, muito terror. Ele ficou com uma arma apontada para a loira e a xingou pelo fato dela supostamente não corresponder o seu amor.  #Investigação Criminal