Lírio Parisotto, um dos empresário mais ricos do planeta, decidiu se pronunciar em uma rede social após as acusações de ter dado uma surra na atriz Luiza Brunet, com quem mantinha um relacionamento há cinco anos. De acordo com o bilionário, que publicou um texto no Instagram, ele respeita as mulheres. O homem ainda alega da nota que teria sido agredido pela famosa e que só quis se defender.

O empresário ainda lamentou que o caso tenha sido exposto na mídia, alegando que tudo foi um problema íntimo e que será esclarecido na justiça. A atriz, no ar em 'Velho Chico', novela das nove da TV Globo, revelou que apanhou do marido e que ele quebrou quatro de suas costelas.

Publicidade
Publicidade

Brunet relatou que ainda recebeu chutes e pontapés no apartamento do ricaço, em Nova York, nos Estados Unidos. 

No Instagram, o dono da RBS, afiliada da TV Globo, pediu aos amigos um pouco de paciência em relação ao caso. Ele também pediu respeito à mídia, que está divulgando as informações sobre a suposta agressão. "Nunca na vida agredi homem, muito menos mulher que respeito muito, quem me conhece sabe", disse o empresário no texto. Em seguida, ele ainda disse que tem todo o direito de se defender. O texto sugere que o empresário teria sido agredido. Ele diz que levou chutes, mordidas, tapas e até unhadas da atriz.

De acordo com o 601º homem mais rico do planeta, ele apenas tentou se defender utilizando imobilização. "Se o caso for para a justiça será lá que será esclarecida a verdade", revelou.

Publicidade

No final do relato, o homem pede paz e compreensão de todos. Os advogados de Luiza Brunet disseram que ela entraria com um processo na Justiça de São Paulo utilizando a lei Maria da Penha. A lei em questão prevê que a agressão, caso comprovada, leve o agressor para a cadeia, cumprindo pena entre três meses e três anos, além do pagamento de multa por danos morais. 

O Ministério Público do Estado de São Paulo também investiga o caso. O relato do suposto #Crime foi contado em entrevista ao jornal 'O Globo' nesta sexta e ganhou toda a mídia.  #Investigação Criminal