De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal 'O Globo', em matéria publica neste domingo, 03, o presidente em exercício #Michel Temer, do PMDB, descobriu com quem a presidente afastada Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT) está voando nas viagens com os aviões da Força Aérea Brasileira, a FAB. Para evitar surpresas, ele decidiu solicitar que haja um forte monitoramento do Gabinete de Segurança Institucional, o GSI. Com isso, as viagens da petista por todo o Brasil tem passado por forte investigação. 

Os militares, por exemplo, já descobriram há cerca de quinze dias que uma das pessoas que Dilma carregava era completamente contra Michel Temer.

Publicidade
Publicidade

 Minutos depois de pegar uma carona com dinheiro bancado pelo povo, essa pessoa estava em uma manifestação em Brasília dizendo que o processo de impeachment era um "golpe parlamentar". Temer já se mostrou muito irritado com essa situação e tenta evitar ao máximo que Rousseff use a máquina pública para fazer campanha contra ele. Até mesmo a Casa Civil chegou a proibir que a presidente afastada viaje em trechos que não envolvam o trecho entre o Rio Grande do Sul e Brasília.

Dilma não gostou da medida e entrou na justiça, conseguindo ganho parcial. A Vara Federal do Rio Grande do Sul determinou que pelo alto cargo de Dilma, mesmo em posição afastada, ela por motivos de segurança, teria direito sim a viajar pela Força Aérea Brasileira. No entanto, a justiça também entendeu que Rousseff está em campanha em prol dela mesma, por isso, tudo o que for gasto terá que ser devolvido.

Publicidade

Com isso, viajar com a segurança da FAB pode se tornar mais caro até do que através de jatinhos particulares. Para bancar tal "mordomia", a presidente afastada montou uma vaquinha na internet e foi bem recebida por petistas. Partidários de Rousseff decidiram dar partes de seus salários para era passear e falar contra o "golpe". Em dois dias, a meta da arrecadação foi atingida e ultrapassada, passando de meio milhão de reais. Se continuar assim, Dilma vai até para o exterior.  #Dilma Rousseff