O centro de Sismologia da USP, na noite do dia 19 de junho, detectou um sismo de baixa magnitude na cidade de Dourados-MS, quantificado em 2,2 graus na Escala Richter. O tremor de terra, de apenas 2 segundos, assustou os habitantes, provocando relatos concentrados na região noroeste da cidade e um certo alvoroço nas redes sociais. 

No território brasileiro, raramente ocorrem sismos de grandes intensidades e magnitudes  em virtude do país estar localizado no centro placa tectônica da América do Sul. Quando ocorrem, os sismos são oriundos de desgastes na placa tectônica, que potencializam falhas geológicas. Essas falhas contribuem com terremotos de pequena magnitude; muitos dos quais não são perceptíveis, enquanto outros provocam sustos como é o caso do que ocorreu em Dourados-MS e um caso semelhante em Belo Horizonte-MG.

Publicidade
Publicidade

Diversos tremores, de maiores magnitudes, já foram registrados em diferentes regiões do país. Em 1955, no Mato Grosso e no Espírito Santo, foi registrado dois sismos com magnitudes de 6,6 e 6,4, respectivamente, graus na escala Richter.

Mais recentemente, um tremor de 6,1 graus na escala Richter foi verificado na divisa dos estados do Acre e Amazonas em 2007. Em 2008, um #Terremoto de maior amplitude, 5,2 graus na escala Richter, atingiu diversas regiões de São Paulo. O poder do tremor não refletiu apenas em São Paulo, mas também nos estados do Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Em grande parte dessas ocorrências, entretanto, não houve registros de mortos e feridos nem grandes danos materiais, diferente de regiões não localizadas no centro de placas, somente testemunhos de pessoas que sentiram o tremor.

Publicidade

Na década de 80, entretanto, em João Câmara,  Rio Grande do Norte, ocorreu um grande número de terremotos, alguns com acidentes. Em 1986, houve um abalo 5,1 graus na escala Richter, que provocou a destruição de 4 mil imóveis. O tremor com acidentes mais recente, ocorreu no município de Itacarambi, em Minas Gerais, que atingiu 4.9 na escala Richter. Apesar da pequena magnitude, 5 casas foram destruídas, seis pessoas ficaram feridas e houve a morte de uma criança.  #Acidente