O zika vírus anda aterrorizando o país, principalmente as gestantes, pois, conforme comprovado, é uma das causas de microcefalia. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) criou uma resolução que passa a valer nessa quarta-feira, que determina que os planos de saúde são obrigados a realizar obrigatoriamente testes para diagnóstico de infecção pelo zika vírus.

A resolução informa que três tipos de testes passam a fazer parte dessa norma, que são o teste de zika por PCR, IgG e IgM. O teste PCR, ou de biologia molecular, é feito multiplicando na amostra coletada a quantidade de RNA do vírus. Dessa forma o material genético é multiplicado, sendo possível ser identificado quimicamente.

Publicidade
Publicidade

Esse teste é muito bom, porém com ele só é possível identificar o vírus até cinco dias depois de aparecerem os sintomas iniciais. Já os testes IgC e IgM são testes sorológicos que detectam anticorpos que o corpo produz quando há infecção pelo zika, sendo o IgM na fase aguda, e o IgC informa se houve infecção anteriormente pelo vírus.

Essa resolução foi vista com muito otimismo pelo setor de saúde e população do Brasil, pois antes os planos não eram obrigados a cobrir esses testes, fazendo aumentar a espera de vários pacientes que aguardavam os resultados por meio do governo.

Os principais sintomas da #Doença incluem febre baixa, até 38,5 graus, dor de cabeça e atrás dos olhos, manchas vermelhas no corpo, dores musculares. Por isso, em casos de suspeita, é muito importante observar qualquer alteração e sinais e procurar atendimento médico.

O Brasil tem milhares de casos da doença e muitos estrangeiros temem pela saúde e preferem adiar uma visita ao país.

Publicidade

Outro país que está tendo casos é a Colômbia. Recentemente a cantora Rihanna cancelou uma apresentação marcada para setembro em Bogotá com medo da infestação do zika vírus, e antes dessa já teria desmarcado compromissos em outros países da América do Sul. Até quem aguarda com ansiedade os jogos olímpicos reflete se vale a pena prestigiar os jogos no Rio de Janeiro, pois há o alerta do jogador Rivaldo que os estrangeiros não deveriam correr esse risco. #Dicas #Medicina