Desde quinta-feira, 29, supostas fotos mostrando um jantar entre o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e o deputado federal Arlindo Chinaglia, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos deputados. O encontro teria ocorrido no restaurante 'Feitiço Mineiro' na noite de quarta-feira, 28, em Brasília. O deputado não comenta as acusações feitas nas redes sociais em seu Facebook oficial. Nesta sexta-feira, 1º de julho, a suspeita foi corroborada pelo principal movimento contra a presidente afastada Dilma Rousseff e a favor do impeachment, o 'Movimento Brasil Livre'. 

O encontro, segundo o 'Movimento Brasil Livre', ocorreu depois que o Ministro mandou soltar o ex-Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

Publicidade
Publicidade

Paulo é marido da Senadora Gleisi Hoffmann, eleita pelo Partido dos Trabalhadores (PT) do Paraná. Ele é investigado na operação 'Custo Brasil' movida pela Polícia Federal, que apura os desvios de recursos de créditos consignados de servidores federais. Desde que Toffoli deu a decisão a favor do PT, ele tem recebido fortes acusações de grupos a favor do impeachment. 

Ele agora também será relator do pedido de Gleisi Hoffmann, que solicita que o Supremo cancele o mandado de busca e apreensão de provas de seu apartamento, uma cobertura de luxo em Curitiba. O hoje Ministro do STF foi advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante três campanhas eleitorais, recebendo ordenados legais do PT. 

Veja abaixo a publicação feita pelo Movimento Brasil Livre em que fotos do suposto encontro entre o Ministro e o deputado foram publicadas:

Reiteramos que não é possível dizer ao certo a veracidade das imagens e de quando elas teriam sido realizadas.

Publicidade

Esperamos o contato dos envolvidos e essa matéria pode sofrer uma atualização, caso necessário. O perfil que originou a denúncia estranhamente excluiu as imagens e trocou a foto por um quadro, o que torna tudo ainda mais suspeito. Há quem acredite que o registro seja mesmo do Ministro, mas não de agora. E você, o que acha dessas polêmicas imagens?  #Crime #Investigação Criminal