Neste sábado, 30, o Rio de Janeiro foi surpreendido for fenômenos da natureza que causaram prejuízos para os jogos olímpicos. Ainda pela manhã, ondas de três metros chegaram a invadir a pista da Avenida Atlântica, em Copacabana. Alguns turistas chegaram a cair no chão. A água quase foi capaz de chegar a uma estrutura montada para receber estúdios de televisão de diversas emissoras de televisão internacionais. Mais tarde foi a vez do vento mostrar o seu poder. O estrago acabou acontecendo, dessa vez, na principal rampa da Marina da Glória, onde acontecerá a competição de vela nos jogos olímpicos, uma das principais que o Brasil tem chances de conseguir qualquer medalha, seja bronze, prata ou ouro 

Por sorte, no momento em que tudo caiu não havia ninguém treinando no local.

Publicidade
Publicidade

O local destruído traz o logo das Olimpíadas e o mair acesso aos barcos da competição. O espaço ficará ali apenas para os jogos do Rio de Janeiro. De acordo com o site do Globo Esporte, tudo será retirado do local após o evento acabar. Outra rampa de concreto fica ao lado da que foi parcialmente destruída. Essa é menor, mas pode acabar sendo utilizada em caso de necessidade. O site do Globo Esporte entrou em contato com o Comitê Olímpico Internacional, que disse por meio de nota que a empresa responsável, que construiu a rampa, esteve no local, e avaliou os danos. 

A empresa, no entanto, foi novamente surpreendida pelos ventos, não conseguindo finalizar os trabalhos. Quem também se pronunciou foi a Federação Internacional de Vela, a Word Sailing. A entidade disse que a responsabilidade de fornecer a rapa não é dela.

Publicidade

Sua parte nos jogos é apenas organizar a competição. Um responsável pela delegação de Israel criticou a construção,  dizendo que ela era de má qualidade. Ainda há alguns dias para corrigir o desastre na Marina da Glória, já que a competição acontece mesmo a partir do dia 08 de agosto. 

Na praia do Flamengo, outra rampa foi danificada. Essa foi vítima do mar que estava com bastante ressaca nesse fim de semana.  #Governo #Rio2016