Astro de rock? Na tentativa de pular de um carro de som durante um evento, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) acabou com a cara no chão. Se ele achava que as pessoas que estavam perto do carro o segurariam, não deu muito certo. O tombo aconteceu na sexta-feira (1), mas os vídeos começaram a ser compartilhados nesta terça-feira (5).

O vídeo com a queda de Bolsonaro já viralizou nas redes sociais. O salto, que não teve sucesso, foi realizado durante um evento feito na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Além de Bolsonaro, estavam presentes com ele o comediante Paulo Cesar Rocha, que participou da Escolinha do Professor Raimundo com o personagem Paulo Cintura, e do "Batman dos Protestos".

Publicidade
Publicidade

Empolgado, o deputado subiu em uma van e se jogou para ser carregado pelo público, que não o segurou. O "stage dive" resultou em um belo tombo. Confira os vídeos.

Neste vídeo é possível ver o salto do deputado Bolsonaro: 

Este outro mostra o momento exato em que o deputado cai de cara no chão:

Mesmo após o tombo, Bolsonaro manteve a pose. O deputado se levantou, acenou para os que não o seguraram, que o chamaram de “mito” e o abraçaram. Além e cair, o deputado fez discurso e cantou o Hino Nacional durante o movimento em seu apoio. Outros atos foram realizados em outras cidades, no final de semana.

Jair Bolsonaro está sendo processado pelo Conselho de Ética da Câmara, por apologia à tortura. A abertura do processo foi realizada no dia 28 de junho, poucos estavam presentes. A decisão foi tomada após o deputado homenagear um torturador do DOI-Codi, durante a votação do impeachment na Câmara.

Publicidade

“Pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff”, disse. Tudo foi transmitido ao vivo, pela TV.

A representação contra Bolsonaro foi feita pelo Partido Verde. Eles entenderam que foi uma apologia ao crime de tortura e que houve quebra de decoro. O partido pediu cassação do mandato do deputado.

Pessoas que apoiam Bolsonaro fazem manifestos em alguns locais do país, como aconteceu na cidade de São Paulo, no último final de semana. #Câmara dos Deputados #Dentro da política