A bandidagem parece não ter realmente limites. Nesse final de semana, bandidos realizaram uma infeliz atitude, digna de filmes americanos. Três homens fortemente armados entraram no Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, localizado no estado de Fortaleza, no Nordeste brasileiro. Toda ação foi registrada por câmeras de segurança e o vídeo com um trecho das imagens gravados está no final desta reportagem. Os meliantes foram até ao local para resgatar um de seus comparsas. O homem estava ali aos cuidados médicos e não sozinho. Por se tratar de um prisioneiro, policiais militares cuidavam da segurança, evitando justamente que o pior pudesse vir a acontecer e foi justamente o que houve. 

Os bandidos invadiram o local conhecido também como 'Frotinha da Parangaba', quando famílias iam visitar os seus doentes.

Publicidade
Publicidade

A ação pode ter sido planejada. Muita gente não entendendo o que havia ali ficou desesperada. Algumas pessoas chegaram até a se esconder nas enfermarias. Em entrevista a sites locais, funcionários do hospital disseram que o preso foi abordado pelos comparsas justamente quando havia atendimento médico. Os policiais que faziam a segurança do preso foram rendidos de forma surpreendente. As armas dos profissionais da lei foram levadas, o que chocou muitos nordestinos. Tudo ocorreu muito rápido. O detento foi levado e o grupo fugiu utilizando um Toyota Corolla. A placa do carro não foi identificada. 

Caso semelhante na terra da Olimpíada

No mês passado, uma ação parecida ocorreu em um hospital de emergência do Rio de Janeiro. No entanto, na invasão, uma pessoa morreu e outra ficou ferida. O bandido conhecido como Fat Family foi levado.

Publicidade

Até hoje, a Polícia Civil tenta achar seu paradeiro. O Rio de Janeiro foi muito criticado pela falta de segurança, especialmente em um momento em que está prestes a receber a Olimpíada. O hospital invadido era uma referência até mesmo para turistas que vão visitar a cidade maravilhosa. 

Veja abaixo o momento em que os bandidos entram no hospital para salvar o criminoso detido:

#Crime #Investigação Criminal