Nesta terça-feira, 05, o telejornal 'Bom Dia Meio Norte' exibiu uma entrevista exclusiva com o irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes das Dores Sousa. A conversa foi gravada com o jornalista Ieldyson Vasconcelos. A conversa principal foi sobre o #Crime que envolveu a morte da amante do ex-atleta do Flamengo, Eliza Samúdio. Foi a primeira vez que Rodrigo falou após a mídia repercutir o fato de que ele saberia onde estão os restos mortais da vítima. O crime chocou o país no ano de 2010 e até hoje o corpo de Samúdio jamais foi encontrado. 

O irmão de Bruno está detido na Casa de Detenção Provisória de Altas. Ele é acusado de estuprar uma menor, mas nega que tenha cometido qualquer abuso sexual, dizendo que poderia pagar R$ 15 para um programa. 

Veja abaixo a entrevista completa que o irmão do goleiro Bruno deu à mídia local:

Ele diz que o último contato que teve com Bruno foi em 2013 e que essa aconteceu na penitenciária de Minas Gerais.

Publicidade
Publicidade

Na conversa, ele conta que tem fotos que provam que ele estava no local do crime. De acordo com ele, jogadores do Flamengo estariam em uma dessas fotos, que mostra o sítio do ex-goleiro nos dias em que o crime teria ocorrido. O preso ainda confirmou que faz parte do chamado Primeiro Comando do Maranhão, o PCM, mas que ficaria calado com medo do que poderia ser feito com ele, caso ele falasse demais. 

Segundo o presidiário, dois grupos criminosos saberiam do crime e por ter pessoas muito importantes envolvidas no ato, ele não revelaria quem elas seriam até ter proteção. Segundo ele, o crime envolvendo Samudio começou bem antes da mídia noticiar, ainda em 2009. Teriam dado um medicamento forte para que ela abortasse o filho que ela esperava do ex-atleta. 

"Entre você e o Bruno se salva quem?", questiona o repórter.

Publicidade

O preso então diz que ele tem certeza que é ele que ficará salvo. "Envolve pessoas importantes que ainda hoje estão no futebol brasileiro. Eu posso cair, mas uns 18 chegam lá comigo", termina ele durante a entrevista que promete repercutir em todo o país.