Revoltado com a atitude de uma idosa de 70 anos, moradora de Cachoeiro de Itapemirim, um vizinho da mesma resolveu registrar a agressão que sua vizinha praticava contra o seu próprio animal de estimação, usando um pedaço de pau que continha pregos na ponta. Ela agredia o animal na cabeça e também no corpo, que chegou a sangrar durante o ato cruel da aposentada.

O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira, dia 28. Conforme relatos de quem presenciou o acontecimento, a idosa conta que só fez isso porque o animal era desobediente e teria mordido seu filho, por isso ela decidiu prender o animal e puni-lo por não respeitar os moradores da casa.

Publicidade
Publicidade

A Polícia Militar foi acionada pelos moradores e depois de analisarem o ocorrido, os militares chamaram o Centro de Controle de Zoonoses que acabou recolhendo o animal que estava muito ferido. A agressora foi levada pela polÍcia ao DPJ de Cachoeiro de Itapemirim e lá prestou o seu depoimento sobre o caso.

Os moradores ficaram indignados com os gestos obscenos que a senhora fez quando saía de sua residência na companhia dos policiais, e contam que alguns até hostilizaram a aposentada para expressar a indignação que estavam sentindo no momento.

O animal foi encaminhado para uma clínica veterinária para realizar exames complementares. Na casa também havia mais dois #Animais, que foram resgatados pelo CCZ - os animais mostravam sinais de maus tratos e estavam muito desnutridos.

O Centro de Zoonoses conta que ambos os animais recolhidos apresentam ferimentos, e que algumas pessoas já estão entrando em contato com o centro mostrando interesse em adotar os animais.

Publicidade

A agressora prestou depoimento na delegacia e logo depois foi liberada, assinando um termo circunstanciado, por se tratar de um ato de menor potencial ofensivo.

O presidente da ONG ressalta que as pessoas que decidem ter um animal de estimação precisam ter posse responsável pelos animais e fala que, muitas vezes, as pessoas adotam e compram somente por impulso, e depois que os animais começam a crescer e envelhecer, eles se esquecem dos cuidados necessários e decidem abandoná-los.

O que causa indignação é que mesmo sendo protegidos pela lei, inúmeros animais são considerados objetos pelos seus próprios donos, que mesmo praticando maus tratos e agredindo os animais, acabam recebendo pequenas sanções, muitas vezes ficando em liberdade ou somente pagando penas alternativas.

Assista ao vídeo (contém cenas fortes):

#Cachorro #Casos de polícia