Muito triste as imagens mostradas neste vídeo, mas infelizmente mostra a atual situação do país, em que os assaltos continuam acontecendo e em números cada vez maiores. Esse episódio aconteceu no Distrito Federal e mostra o desespero de uma mãe, não só por ter o veículo roubado, mas, principalmente, por saber que o filho poderia ser levado pelos bandidos.

Ela conseguiu retirar o filho do veículo a tempo dele não ser levado, mas colocou a própria vida em risco. Agora a Polícia Civil do Distrito Federal está em busca dos ladrões e as investigações tentarão encontrar os culpados por terem arrastado a mãe desesperada.

Tudo isso aconteceu neste último domingo (17).

Publicidade
Publicidade

As imagens foram feitas por uma mulher que mora em um conjunto residencial. Da janela, ela pode visualizar tudo, e o vídeo já conta com milhares de visualizações na internet. É possível ver nitidamente que a mulher ainda estava retirando o filho do banco traseiro quando os bandidos arrancaram e fugiram com o veículo, arrastando-a por vários metros.

Em frente a um conjunto residencial, na tarde de domingo, quando era pouco o movimento, a mãe faz de tudo para salvar o filho, não ligando mais por ter o veículo levado pelos marginais, mas pronta para dar a vida se fosse preciso para que o filho não fosse levado. A criança foi retirada a tempo, mas antes que a mulher pudesse se afastar, acabou sendo arrastada e quase morreu. Se ela não tivesse conseguido se soltar do carro em movimento, continuaria sendo levada e correria um grande risco de perder a vida.

Publicidade

Os moradores do conjunto habitacional começaram a gritar, mesmo assim os bandidos não se sentiram inibidos de concluírem o assalto. Depois que os assaltantes levaram o veículo, alguns moradores gritaram para as duas mulheres entrarem com a criança para o condomínio para receberem ajuda até que os policiais chegassem.

Até o momento, a Polícia Civil não conseguiu identificar quem são os assaltantes e nem sabe qual a localização do carro.

Os moradores de Samambaia reclamam do alto índice de #Violência e a falta de policiamento no local.

#Crime #Casos de polícia