Conhecido por ser ativo em movimentos sociais, o ex-senador e atual candidato a vereador na cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy, foi detido pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (25). Ele estava junto a um grupo que protestava contra a reintegração de posse de uma área que pertence à Prefeituras da capital paulista.

A ocupação Terra Pelada foi realizada na Zona Oeste da cidade de São Paulo, no Jardim Raposo Tavares. Durante o movimento, Suplicy se uniu aos demais protestantes das 350 famílias que moram no local, e deitou-se no chão, para lutar contra a reintegração. Por isso, foi detido pela Polícia Militar que alegou resistência por parte do ex-senador.

Publicidade
Publicidade

Eduardo Suplicy foi levado ao 75º DP, no Jardim Arpoador. A Rede TV! estava no momento e tentou conversar com o candidato, mas o ex-senador não quis dar detalhes sobre o ocorrido. No Facebook, a assessoria de Imprensa de Suplyci comunicou os seguidores sobre a detenção.

Como estava deitado para impedir que os Oficiais de Justiça e Policiais Militares chegassem ao local e procedessem com a reintegração, ele precisou ser carregado por quatro homens.  Um vídeo divulgado pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) mostra Suplicy deitado no chão. Veja:

Além do ex-senador, mais duas pessoas foram levadas para a delegacia. O protesto começou na madrugada desta segunda-feira (25), contra a reintegração de um terreno na Cidade Educandário.

A área é da Prefeitura de São Paulo e estava ocupada por 350 famílias.

Publicidade

Na tentativa de não terem que deixar o local, as pessoas montaram barricadas, com madeira e colchões, nos quais atearam fogo. Um ônibus também foi atravessado no caminho, chego a ser parcialmente queimado, mas logo o fogo foi apagado.

Moradores e a Tropa de Choque entraram em confronto. Os manifestantes jogavam pedras e a Tropa lançou bombas de efeito moral contra os que lá estavam.

A reintegração estava sendo feita após a decisão da Justiça, emitida pela 9ª Câmara de Direito Público. Segundo a prefeitura, as famílias serão incluídas na bolsa-aluguel e precisam ser retiradas de lá por ser uma local que tem risco de deslizamento.

Veja vídeo de Suplicy sendo detido: 

#Casos de polícia #Protestos no Brasil