Uma publicação feita pela carioca Juliana Lima no Facebook acabou tomando uma proporção bem maior do que ela imaginava. O post foi feito por Juliana nesta quinta-feira, 11, e já nesta sexta-feira, 12. Isso porque praticamente todos os portais de notícias acabaram divulgando a mensagem, que causou polêmica na web. A publicação falava sobre a Olimpíada e o fato da cidade estar recebendo milhares de pessoas por conta dos jogos. O texto que ficou conhecido como "Agora em Botafogo" fala que os estrangeiros não devem esperar que os cariocas falem inglês, mas o contrário, que eles que visitam a cidade deveriam falar um pouco de português. 

Como a cidade tem recebido milhares de estrangeiros e o Rio de Janeiro é conhecido por sua hospitalidade, teve gente que não gostou da forma como a jovem se comunicou.

Publicidade
Publicidade

Mas também tiveram aqueles que apoiaram a jovem, especialmente aqueles que já viajaram para outros países. Tudo bem que saber inglês e espanhol é bom até para o currículo, mas não adianta muito falar essas línguas na Grécia, Japão ou Rússia, por exemplo, a não ser que você ache alguém por lá que conheça um pouco do linguajar ocidental, o que dependendo do país e da região não é nada fácil.

A crítica da carioca vai muito em cima do fato de muitos estrangeiros falarem mal da cidade antes mesmo de virem para cá, o que não soou muito amistoso. O governo do Rio de Janeiro, cujo prefeito é Eduardo Paes, do PMDB, tem se esforçado para acolher todos os turistas, até os que falam mal da cidade. Os atletas da Austrália, por exemplo, reclamaram bastante das acomodações, mas viram o prefeito tentar resolver um problema que supostamente não seria da prefeitura, mas sim do próprio Comitê Olímpico. 

No post, Juliana diz que não dará assistência em inglês a nenhum estrangeiro, pois não domina o inglês e acha um absurdo eles virem para cá não falando português.

Publicidade

O post repercutiu tanto que chegou a ficar entre os assuntos mais comentados de toda a #Internet, indo para o topo do Twitter, por exemplo.