Um grupo de pessoas, que contava com familiares e amigos, se reúnem para comemorar o resultado final de um período de trabalho no campo e sequer imaginam que esse momento, que a princípio seria de alegrias, comemorações e confraternizações, terminaria de forma trágica e triste. 

Uma festa para comemorar o fim da colheita de milho, realizada em uma fazenda de Santo Antônio do Rio Branco, cidade de Nova Ubiratã, que fica a 506 km de Cuiabá, no Mato Grosso, terminou de forma trágica neste sábado (06). Um #barril de chope explodiu e atingiu o agricultor Valmir Pozzatto, de 38 anos, que não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Publicidade
Publicidade

 

De acordo com a Polícia Civil, Valmir havia terminado de se servir de chope, quando a estrutura do barril explodiu e atingiu a cabeça do mesmo. Uma ambulância foi ao local fazer o atendimento da vítima, mas os médicos só puderam constatar a sua morte

Segundo os policiais, familiares e amigos estavam reunidos para comemorar o resultado final de uma colheita de milho e faziam a festa perto da churrasqueira da casa, onde os convidados se serviam de carne assada e da bebida. O barril de chope, de 50 litros, foi doado por um dos convidados, que o levou para a confraternização do grupo. 

A explosão do barril foi muito forte, e chegou a atingir telhas e parte do forro do local, vindo tudo abaixo. Valmir havia acabado de se servir da bebida e foi atingido do lado esquerdo da cabeça pelos destroços que caíram da explosão.

Publicidade

Não foi relatado se mais alguma pessoa saiu ferida com a explosão do barril de chope. A princípio, o caso é tratado como #Acidente pela Polícia Civil do município.

O corpo do agricultor foi liberado no final da noite de sábado e foi enterrado na tarde deste domingo (07), no mesmo distrito do acidente.  

Colheita do milho

O Estado de Mato Grosso é o principal produtor de milho no país, e esse ano a colheita foi adiantada, garças ao tempo seco na região. Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária -Imea- nesta semana 90,4 % da área plantada já havia sido colhida, um avanço de 6,6 % em relação à semana anterior. Em relação a 2015, a colheita está 2,6% adiantada no Estado.  #Morte