Depois de toda a confusão que teve em sua família, a pastora #Bianca Toledo decidiu voltar a pregar. A cantora, que acusou o marido de ter abusado do seu filho, um menino de apenas 5 anos de idade, passou um tempo parada, após a sua vida ser totalmente transformada.

Bianca teria pedido, inicialmente, um período de 30 dias de descanso, que seria para acompanhar a criança. Agora, usou as redes sociais para postar um novo vídeo, no qual informa que, em até 20 dias, deve voltar para o altar.

Na mensagem, a pastora fez também um agradecimento aos intercessores, que estão orando e a apoiando no momento difícil de sua vida. Ela conta que está sendo acompanhada por seus líderes durante toda esta trajetória.

Publicidade
Publicidade

Relembre o caso da pastora Bianca Toledo e das acusações de pedofilia

A pastora era casada com o pastor Felipe Heiderich e, com eles, morava um menino, filho dela, que hoje tem cinco anos. Em 5 de julho, Bianca usou as redes sociais para contar que o marido estava preso em Bangu. Na oportunidade, ela disse que havia descoberto que ele era homossexual e que a prisão era por pedofilia.

A cantora contou que Felipe teria tentado suicídio após ela ter o confrontado e que, depois que  descobriu algo muito grave, teria pedido anulação de seu casamento.

Embora, inicialmente, não tenha falado abertamente o que aconteceu, dias depois a história foi conhecida por todos. A pastora acusou o, hoje, ex-marido de ter abusado do seu filho. Depois de ter descoberto os abusos, ela procurou a polícia e o denunciou, mostrando o que tinha como prova.

Publicidade

O pastor foi preso por alguns dias, mas acabou sendo solto novamente por ser réu primário e a justiça entender que, solto, ele não atrapalharia mais as investigações, pois todas as provas haviam sido coletadas.

Felipe garante que é inocente e a polícia continua ouvindo depoimentos e analisando o que foi encontrado. Depois que ele conseguiu autorização para responder em liberdade e foi solto, chegou a gravar um vídeo negando tudo.

Bianca Toledo está acompanhando a criança que, supostamente, teria sido vítima de abuso sexual, e já contou que o menino está se aproximando mais do pai biológico, ex-marido da pastora. #Casos de polícia