Neste domingo, 21, Jady Duarte, uma estudante, ficou conhecida por ir pra cama com o velocista Usain Bolt. Enquanto parecia ter uma relação íntima com o atleta da Jamaica, ela tirou selfies. Algumas das fotos acabaram sendo divulgadas pela imprensa. Não demorou muito para que a vida da jovem fosse virada de ponta a cabeça. Publicações feitas no Facebook da estudante mostram que ela teve um relacionamento com o traficante Douglas Donato Pereira, o Diná Terror. O criminoso foi assassinado em março no 'Morro Faz Quem Quer', localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro. 

Diná foi morto pela polícia. Os agentes disseram que o bandido estava escondido em uma casa com uma pistola Glock calibre 9mm que possuía o kit rajada, como mostra uma matéria publicada pelo jornal 'O Dia' naquela ocasião.

Publicidade
Publicidade

A arma aumenta o poder de fogo, tendo capacidade de dar mais tiros em pouco tempo. A Polícia alegou na época que o traficante reagiu a prisão atirando contra os agentes da lei. Na troca de tiros, ele acabou sendo baseada. Chamado de violento, o homem  foi levado para o Hospital de Acari, mas não resistiu e morreu.

Em um post feito em janeiro, Jady aparece ao lado de Diná e escreve uma mensagem de amor, dizendo que está apaixonada por ele. "Por isso todo mundo passa E quem nunca passou, vai passar Já "tô" dizendo aos meus amigos Calma que eu não vou pirar Já pirei! Me apaixonei Perdidamente E o que eu sei", diz ela na mensagem. Desde esse mês, a estudante não abre mensagens para pessoas que não são amigas.

Depois da foto ao lado do homem mais rápido do mundo, Jady começou a receber muitos seguidores.

Publicidade

Até o fechamento desta reportagem, ela tinha quatro mil seguidores. Até mesmo algumas fotos já foram retiradas do ar. No entanto, fizemos alguns prints que mostram a relação dela com Diná.

Em entrevista ao jornal Extra, a garota disse que jamais quis ficar famosa e que acha muito ruim a exposição, especialmente porque Bolt confiou nela para tirar as selfies com ele. O atleta deixou o Brasil nesta noite.  #Usain Bolt #Crime