ERRATA: o consulado da Rússia informou por meio de nota que o homem não faz parte de seu staff. Ele apresentou um documento falso aos policiais. De acordo com o órgão, para exercer atividades diplomáticas é necessário ser natural da própria Rússia. O Homem que matou o assaltante é brasileiro. Veja a seguir a história original que chamou a atenção do país.

 

O vice-cônsul da Rússia (que não teve nome identificado até o fechamento dessa reportagem pelo consulado) acabou reagindo a um assalto na tarde desta quinta-feira, 04, em um dos pontos mais conhecidos da Barra da Tijuca, a Avenida das Américas, no Rio de Janeiro. De acordo com informações do jornal carioca Extra, a Divisão de Homicídios da cidade informou que a vítima é um homem de sessenta anos.

Publicidade
Publicidade

Ele estava acompanhado da família. No carro que o vice-cônsul dirigia estava sua mulher e a filha. O veículo acabou sendo abordado por dois assaltantes na altura do Bosque da Barra. Um engarrafamento naquele ponto acabou ajudando a dupla criminosa. Cada um dos homens estava pilotando uma motocicleta. 

Um dos homens da moto agiu com grande violência. Ele quebrou a janela onde o diplomata estava. Após ver o vidro estraçalhado em cima dele, o diplomata surpreendeu o bandido e reagiu. De acordo com informações do jornal Extra, o político  especializado em jiu-jitsu. Ele acabou tomando a arma do criminoso e de vítima virou algoz. o vice-cônsul disparou contra o assaltante. O homem acabou morrendo no próprio local do assalto. Temendo ser morto, o outro assaltante preferiu fugir. A Polícia Civil já realizou uma perícia no local do #Crime

O jornal Extra diz que tentou entrar em contato com o Consulado da Rússia no Rio de Janeiro, mas nem o órgão, tampouco a embaixada responderam, já que o expediente dos dois estava fechado por conta do feriado municipal.

Publicidade

O prefeito do Rio decidiu transformar esta quinta em feriado para que a tocha olímpica passasse pela cidade que recebe os jogos. O local do crime é cercado por muitos condomínios e motoristas chegaram a entrar em pânico após os disparos. Uma pessoa chegou a cair de uma das estações do BRT com o susto da atuação do vice-cônsul. Ela precisou ser socorrida e a circulação do transporte parou. 

Um carro que passava no momento do assalto também foi atingido por tiros. É bom lembrar que na Rússia, assim como nos Estados Unidos, os cidadãos tem facilidade em lidar com armas. Nas redes sociais, a atuação do diplomata foi aplaudida por internautas de todo o país.