O caso da família encontrada morta no Rio de Janeiro ainda é um mistério para as autoridades do estado carioca. A primeira hipótese do #Crime é de que o ex-funcionário da TIM, Nabor Coutinho de Oliveira Júnior teria matado sua esposa e seus filhos. Depois de assassinar sua família, o empresário cometeu suicídio e foi encontrado junto ao corpo dos filhos.

Nabor abriu empresa um mês antes de sair da TIM

A cena do crime chocou todo o Brasil pela barbaridade dos fatos e pelo assassinato de crianças tão indefesas. Os meninos, filhos do casal de empresários tinham 7 e 10 anos apenas. O primeiro motivo de crime apontado é que o empresário não poderia mais arcar com os custos da vida após sair de seu emprego na TIM, de acordo com informações encontradas em uma carta deixada no apartamento dos empresários no Rio de Janeiro. 

Nabor era natural de Contagem no estado de Minas Gerais e foi em sua cidade que o empresário registrou sua nova empresa.

Publicidade
Publicidade

A empresa está no nome dele e de sua esposa, Lais Khouri que foi encontrada morta junto a sua família. Lais foi morta na cama com uma faca que foi encontrada na cozinha do apartamento da família encontrada morta no edifício Lagoa Azul.

O empresário abriu o registro da empresa um mês antes de sair da empresa TIM, onde trabalhava. Sua nova empresa seria responsável por realizar consultoria em marketing para rede móvel de telefonia. O empresário já tinha até cliente, e não consta nenhum dívida no nome de Nabor, o que levanta a suspeita do caso de assassinato seguido de suicídio.

Caso da família encontrada morta na Barra da Tijuca ainda é mistério

As investigações policiais não concluíram as causas que levaram ao crime cometido contra a família do estado carioca. Um dia após os corpos serem encontrados, os moradores do condomínio realizaram vigília e orações no prédio, após o caso ter chocado todos os moradores.

Publicidade

Os vizinhos do casal disseram aos policiais que a família não apresentava comportamento atípico, que o casal era sempre unido e nenhum vizinho viu os dois discutindo alguma vez. #familia encontrada morta #barra da tijuca