O projeto "Eu Faço Cultura" distribui regularmente, por meio da internet, ingressos para diversas atividades culturais, teatros e cinemas. Em parceria com as redes Cinemark, Kinoplex, Severiano Ribeiro e UCI, por exemplo, é possível assistir aos filmes em cartaz em centenas de salas espalhadas por todo o Brasil. 

A iniciativa possui subsídio da Lei Rouanet e visa atender, principalmente, a população de baixa renda que participa dos principais programas sociais oferecidos pelo governo federal. Também podem retirar ingressos os alunos de escolas públicas (municipais, estaduais ou federais), pessoas assistidas por Organizações Não-Governamentais e também os microempreendedores individuais (os perfis beneficiados estão relacionados no site do projeto). 

Para receber os ingressos é necessário efetuar um cadastro no endereço www.eufacocultura.com.br, preenchendo o formulário que exigirá dados pessoais, telefone e e-mail para contato, criação de uma senha de seguração, além de pedir que sejam anexadas foto e cópia de documentos para comprovar a condição de beneficiário.

Publicidade
Publicidade

Feito o cadastro, o sistema solicitará alguns dias para análise dos dados e da documentação enviada antes de liberar definitivamente o acesso aos ingressos. 

No momento da publicação desta reportagem, além de ingressos para as redes de salas de cinemas, também estavam disponíveis entradas para dezenas de espetáculos teatrais entre peças infantis, dramas, comédias e shows de comédia. Também é possível receber gratuitamente livros, CDs e DVDs, entre outras atividades de ordem cultural. 

Produtores também podem se inscrever na plataforma visando incluir seus projetos. A agenda completa com toda a programação é atualizada diariamente, de acordo com a administração da página. 

A maioria das atividades concentra-se nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio Janeiro, mas também é possível encontrar muitas opções nas cidades do Grande ABC, no interior paulista, Baixada Santista e outras capitais e importantes municípios do país. 

Leia também:

São Bernardo Plaza abre vagas na administração; CVC contrata para central em Santo André

Volkswagen chega a acordo com funcionários e garante estabilidade de 5 anos

Sem peças, Volkswagen para produção e deixa 8 mil funcionários ociosos em São Bernardo #Cinema