A luta da #Polícia Militar Rodoviária (PMR) contra o tráfico de drogas tem se mostrado cada vez mais árdua. Isso porque os traficantes têm buscado rotas alternativas para levar as cargas ilícitas de um lugar ao outro. Isso prejudica o trabalho da PMR, dificultando o reconhecimento de suspeitos. Mas o protagonista dessa matéria não teve a mesma sorte.

Depois de furar um bloqueio policial na MS-377, um homem foi detido. O rapaz ainda tentou fugir a pé através da MS-112, mas não obteve grande sucesso. O caso aconteceu na noite de quinta-feira (28/07), no Mato Grosso do Sul, região leste. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, toda a ação criminosa não resultou em vítimas fatais e nem feridos.

Publicidade
Publicidade

A motivação do crime era outro crime

Após revistar o carro do suspeito, a Polícia Militar Rodoviária identificou o motivo da fuga. No veículo foram encontrados diversos tablets de maconha. A droga estava distribuída em três sacolas e seu peso foi avaliado em 70,4 quilos. Segundo os próprios agentes da PMR, o traficante, condutor do veículo com emplacamento de Papagaios (MG), negou a ordem de parada da blitz e furou o bloqueio. Foi dito ainda que o jovem, que não teve idade e nome revelados, avançou com o carro em direção aos policiais e depois procurou fuga pela MS-112, com destino à cidade de Três Lagoas.

A fuga

Após desrespeitar o pedido da PMR para parar, furar o bloqueio policial, atentar contra a vida de agentes da segurança e fugir, o autor dos crimes terminou por capotar o veículo.

Publicidade

Mas você acha que ele desistiu? Se respondeu “sim”, se enganou. O rapaz ainda tentou fugir a pé, mas logo foi detido. Depois de criar toda essa confusão, o traficante foi encaminhado para a Delegacia mais próxima, na cidade de Três Lagoas, assim como o carro e as drogas apreendidas.

Casos como esse acontecem todos os dias no Brasil. Isso porque os grandes traficantes usam essas pessoas como “mulas” para transportar a droga de um ponto para outro, mas geralmente elas se assustam ao serem abordadas pela polícia. #tráfico de drogas