Você exibe uma vida feliz no #Facebook e recebe algum benefício do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social)? A partir desse mês, o #INSS está contratando peritos (espiões) para averiguar o Facebook dos beneficiados que recebem auxílios-doença, entre outros. Também podem averiguar outras redes sociais dos assegurados.

Portanto, cuidado! Se exibir uma vida feliz, de bem-estar e bem agitada, mesmo não sendo verdadeiro, pode ser usado contra você pelo INSS a partir de agora. Essa medida pretende inibir os beneficiários por causa da crise que se instalou, graças à onda de corrupção que abalou o país nesses últimos tempos.

É o caso, apresentado pela AGU (Advocacia Geral da União) que representa o INSS, de uma mulher de Ribeirão Preto (SP) que consta ter depressão grave e até chegou a receber o auxílio, mas escreveu no seu Facebook dizendo que esse ano era um ano feliz.

Publicidade
Publicidade

O AGU apresentou a postagem da mulher como prova que ela não sofria nenhuma depressão, e que poderia ser algo simulado. Com a perda, a mulher entrou na justiça contra a determinação.

Ao que parece, isso vai ser frequente para pegar supostos fraudadores que simulam doença e deficiências para receber os tais auxílios. Mas sabemos que as redes sociais podem conter perfis falsos (fakes), ou podem apresentar nomes semelhantes que podem incriminar pessoas erroneamente, como aconteceu muitas vezes. Além disso, todo o mundo que a vidas que as pessoas apresentam nas redes sociais podem ser bem diferente de sua vida real, pelo que não é certo que um tribunal possa validar esse tipo de "prova" apresentada pelos serviços do INSS. 

Vale a pena lembrar que existem canais do INSS que podem ser usados pelos usuários e beneficiários para tirar a dúvida, como o telefone 135 ou no site do próprio INSS: www.previdencia.gov.br.

Publicidade

Também nesses canais de contato podem ser agendadas perícias médicas, revisão de benefício, recurso e protocolo do benefício. Esses serviços são completamente gratuitos e podem ser agendados em dias úteis (de segunda à sexta). #beneficio