A extração do mês de agosto do programa #Nota Fiscal Paulista, gerenciado pelo governo estadual, distribuiu milhões de reais em prêmios para todos os que vincularam o CPF ou CNPJ aos cupons fiscais no momento da compra de produtos ou serviços. Esse foi o 93º sorteio desde o lançamento da campanha. 

A principal premiação, no valor de R$ 1 milhão, ficou com uma instituição beneficente localizada na cidade de Jundiaí que concorreu com mais de 33 mil bilhetes. Em S. Bernardo do Campo, no #Grande ABC, uma outra entidade assistencial concorreu com 17 mil cupons e também foi premiada, tendo direito ao prêmio de R$ 500 mil. O mesmo valor também foi conquistado por uma moradora da cidade de São Vicente, na Baixada Santista, que juntou 26 bilhetes, entre os quais um foi sorteado.

Publicidade
Publicidade

Segundo o relatório final divulgado pelo governo do estado, foram sorteados no total 598 cupons que juntos somam mais de R$ 4 milhões em prêmios. 

O resultado completo do sorteio pode ser consultado via internet na página da NF Paulista  no endereço www.nfp.fazenda.sp.gov.br. No mesmo site é possível confirmar se determinado bilhete foi premiado ou não. 

Além dos prêmios de R$ 1 milhão e de R$ 500 mil, também foram entregues diversas premiações com valores entre R$ 1 mil e R$ 100 mil.

Veja abaixo algumas da cidades, e seus respectivos bairros, onde vivem os ganhadores da extração do mês de agosto. Por segurança, os nomes dos premiados não são divulgados

R$ 1.000.000,00 - Centro de Jundiaí

R$ 500.000,00 - Bairro Assunção em S. Bernardo do Campo

R$ 500.000,00 - Cidade Náutica em São Vicente

R$ 100.000,00 - Bairro Aviação na Praia Grande

R$ 100.000,00 - Jardim Arco Íris em Sorocaba

Em geral, as instituições beneficentes concorrem com cupons fiscais doados pela comunidade.

Publicidade

Tal procedimento é aceito pelas regras do sorteio da NF Paulista. É necessário que a entidade se cadastre junto ao programa como captadora e que peça aos doares que informem o CNPJ da instituição na hora da compra de produtos ou que entreguem os recibos, sem vincular o CPF, para que os mesmos sejam cadastrados e validados.  #Grande São Paulo