Um crime que aconteceu na madrugada desta segunda-feira (8), no município de São Miguel do Araguaia, em Goiás, chocou os moradores da cidade. Dois bebês, irmãos gêmeos, foram assassinados de forma brutal e cruel. Os pequenos de apenas onze meses, se chamavam David Luiz e Lucas Felipe, a mãe dos meninos Thaís Araújo de Oliveira Paula, 23 anos, também foi atacada de forma violenta, pelo ex-namorado, Antônio Ribeiro Matos, 26 anos.

Segundo a polícia militar, por volta de meia-noite, o suspeito estava escondido esperando que o atual namorado de Thais saísse da residência. Quando o mesmo foi embora, Antônio, o suspeito do #Crime entrou na casa e atacou sua ex-namorada a golpes de faca.

Publicidade
Publicidade

Ela foi atingida no pescoço e nas costas. Depois da agressão violenta contra mãe dos garotos, ele covardemente atacou os bebês, arremessando-os várias vezes no chão e contra a parede.

Os bebês foram socorridos e levados para emergência médica, ambos com traumatismo craniano, mas infelizmente não resistiram aos ferimentos, e vieram a óbito por volta das 4h.

Os corpos dos irmãos foram encaminhado para o IML(instituto médico legal) de Porangatu.

 O criminoso fugiu logo após as agressões e ainda não foi localizado. A polícia  tem feito rondas para tentar capturá-lo. O caso será investigado pela Delegacia de São Miguel do Araguaia, onde a mãe dos bebês deverá ser ouvida, ainda hoje. O velório também acontecerá nesta terça-feira (9).

Familiares dos bebês estão revoltados com o crime. O pai dos bebês, Anderson Silva de Paula, quer punição severa para o criminoso, ele diz, muito abalado: "Nunca imaginava, é um monstro.

Publicidade

Não existe uma pessoa dessas. Ele não tem Deus no coração, não tem cabimento. Não só a família, mas toda sociedade quer Justiça e vamos conseguir".

Ele ainda fala que se preparava para a comemoração do primeiro ano de vida de seus filhos, ele mantinha contato com a mãe das crianças e falava sempre com eles por telefone, pois mora em Goiânia. Ele iria para ver os filhos e fazer a festinha no final de semana, e já havia até comprado os presentes.

A ação do suspeito

O criminoso teria arrombado a porta da casa da ex-namorada e após golpeá-la com faca, agrediu e matou os bebês, um vizinho, que preferiu não se identificar, disse que ouviu muitos gritos pedindo socorro: "Ela gritava muito, gritava socorro, vai matar meus filhos. Quando eu abri a porta da minha casa, que eu olhei pelo portão, ele já havia pulado o muro". #Casos de polícia