Segundo reportagem divulgada pelo Extra, nessa terça-feira, 9, a nadadora #Joanna Maranhão, que perdeu a prova dos 200 metros medley na Rio 2016, sábado, 6, irá processar as pessoas que usaram a internet para ofendê-la.

A polêmica surgiu após uma publicação dizer que Joanna teria mandado um recado político para determinados grupos semanas antes dos #Jogos Olímpicos. Logo após ser derrotada no sábado, uma série de memes, bem como piadas e ofensas começaram a ser proferidas na rede mundial de computadores contra a atleta.

Segundo Joanna, ela foi oprimida por suas preferências políticas, bem como foi chamada de ‘perdedora’ pelos internautas, inclusive em comentários feitos na publicação que ela mesma divulgou após a eliminação.

Publicidade
Publicidade

A nadadora também usou sua página oficial no Facebook para anunciar que processará os autores das ofensas:

Resposta de Joanna

A atleta afirmou que, enquanto as pessoas lhe ofendiam na internet, sua advogada conseguiu obter o CPF, nome e dados de cada um dos internautas. Joanna ainda garante que ganhará a causa que iniciará no âmbito cível e que o dinheiro obtido com as indenizações, irá para uma ONG que combate a pedofilia.

Em entrevista para o canal SportTV, Joanna reclamou das ofensas e disse que não vai mais suportá-las, pois tudo tem um limite. A atleta citou que as ofensas ultrapassaram o fato dela ter sido eliminada da competição, para dar espaço para ataques gratuitos contra seus familiares e contra sua história de vida, que possui uma fase traumática de superação após sofrer abusos sexuais.

Publicidade

Maranhão ainda afirma que as ofensas incluem desejos de que a mesma seja morta ou estuprada, bem como de ofensas que ferem sua trajetória e sua mãe. A ação cível deve ser iniciada na próxima semana, segundo informações divulgadas pela própria nadadora. Nessa terça-feira, 9, a atleta voltou ao Parque Aquático para disputar os 200 metros borboleta, mas não conseguiu obter um bom resultado e está fora da competição. Outros atletas nacionais continuam na Rio 2016 em busca da medalha de ouro. #Olimpíadas