A polícia da cidade de Ibirá, interior de São Paulo, faz investigações para saber quais os reais motivos que levaram uma jovem, grávida de sete meses e com idade de 20 anos, a desferir vários golpes de faca contra a própria barriga, conforme reportagem do site de notícias G1, nesta terça-feira, dia 9. Segundo divulgado, após o incidente, ela teria sido levada para a Santa Casa de própria cidade onde mora. Após os primeiros atendimentos, a mesma foi transferida para o Hospital Base em São José do Rio Preto, em virtude da gravidade dos ferimentos.

De acordo com as primeiras informações da polícia, ainda não foram apuradas as causas que levaram a gestante a realizar tal ato.

Publicidade
Publicidade

As investigações deverão continuar com o depoimento da mesma quando ela estiver recuperada e puder prestar depoimento. Por enquanto, os investigadores também deverão convocar o marido da autora para dar maiores detalhes. A polícia pretende esclarecer se houve uma tentativa deliberada de assassinar a criança ou se há algum outro motivo ainda desconhecido que possa auxiliar para elucidar o caso.

Segundo os relatos, após dar entrada no hospital em São José do Rio Preto, a gestante foi avaliada pelos médicos e  pela equipe de obstetras que estava de plantão. Eles puderam constatar a morte do bebê. Além disso, ao verificarem que a vítima apresentava o abdômen com múltiplos cortes, a polícia foi prontamente acionada. Em virtude da gravidade dos ferimentos e do risco de morte, ela foi transferida imediatamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) daquela unidade de saúde.

Publicidade

Segundo as últimas informações do site, até a noite desta terça-feira, dia 09, ela já respirava sem a ajuda de aparelhos, entretanto, deverá continuar internada sem previsão alguma de alta.

Um boletim de ocorrência foi aberto na polícia pela ocorrência de aborto que poderia ter sido provocado ou não pela própria mãe. Um inquérito deverá ser aberto para que possa atestar esta hipótese. O site G1 tentou entrar em contato com o esposo da jovem, mas ele não foi localizado. Além disso, a residência do casal permaneceu fechada durante todo o dia e nenhum esclarecimento a mais foi dado a respeito do ocorrido. #assassinato #Violência #Casos de polícia