Maíra Almeida Pinho, de 31 anos, é mãe de três filhos. Sua filha mais velha Caroline Pinho, uma adolescente de 13 anos, está desaparecida desde o dia 23 de julho. Sua filha teria fugido com o namorado, Fábio Welligton Brizola, de 19 anos. Segundo Maíra Almeida, a filha teria decidido fugir com o namorado porque ela não aceitava o relacionamento dos dois, e justamente por esse motivo a mãe da adolescente já tinha decido se mudar de cidade com a família para casa da avó, em outra cidade. Conta, ainda, que no dia 22/07 brigou com o namorado da menina. Fábio Welligton disse à mãe da menor: “você perdeu a sua filha” e “vou acabar com sua vida”.

Já faz um mês do sumiço da adolescente, contudo, a Polícia Civil ainda não tem nenhuma pista sobre o caso.

Publicidade
Publicidade

Maíra Almeida resolveu não esperar pela ação da polícia; ela mesma está procurando a filha. A mãe da adolescente já rodou viajando atrás da filha mais de 400 quilômetros entre as cidades de Jaguariaíva (PR), Itapeva (SP), Sengés (PR) e Jaguariaíva (PR). A mulher conta que viaja de ônibus, e, quando chega na cidade ,faz várias rondas a pé. Ela costuma dormir na casa de parentes que moram onde chega. Mas, infelizmente, a mãe desesperada ainda não obteve sucesso algum.

Maíra Almeida afirma que sua filha sempre foi muito respeitadora, mas em apenas dois meses de namoro o namorado da menina mudou muito a cabeça de sua filha. A mãe da adolescente desaparecida diz “doer muito saber que a filha saiu com as próprias pernas de casa, por ser decisão tomada por livre vontade”. E, como toda mãe, fica pensando que poderia ter acontecido alguma coisa de ruim.

Publicidade

A mãe da garota faz um apelo a sua filha pedindo para que, pelo menos, ela ligue para casa a fim de avisar se está tudo bem.

Maíra Almeida trabalha como cuidadora de idosos. Pediu inicialmente 10 (dez) dias de dispensas para os patrões, com o objetivo de procurar a filha. Mas agora Maíra Almeida já perdeu seu emprego pois não dá para conciliar as buscas com os turnos de trabalhos. Mas a mãe afirma que não vai desistir de encontrar a filha.

Estupro de vulnerável

O delegado Carlos Moraes, responsável pelo caso, conta que, se a jovem saiu de casa por conta própria, isso pode significar que Fábio Welligton Brizola, de 19 anos, não será diretamente responsável por sequestro. Mas se for confirmado que os dois tiveram relações sexuais, o jovem será indiciado por estupro de vulnerável. Isso porque, mesmo que os dois sejam namorados, a menina é menor de idade e o rapaz é maior. #Estupro #Crime #Casos de polícia