Uma criança de 11 anos foi encontrada dentro da bagagem de uma mulher na rodoviária Novo Rio, no Rio de Janeiro. A polícia militar conseguiu evitar que o menor fosse levado após o telefonema de uma pessoa que ligou denunciando que viu uma mãozinha saindo de uma mala. Isso aconteceu na última segunda-feira (01), por volta das 20h30, e com essa informação os policiais começaram a procurar a mulher que tinha as descrições comunicadas por quem fez a denúncia. Os agentes que pertencem à corporação do patrulhamento em áreas turísticas impediram assim que o sequestro ocorresse.

A mulher que estava com a criança foi identificada como Natasha Vitorino.

Publicidade
Publicidade

A jovem, de apenas 23 anos, foi detida pelos agentes, sob a acusação de subtração de menores e encaminhada para prestar mais esclarecimentos na delegacia. O ônibus no qual eles embarcariam iria sair pouco tempo depois de acontecer a prisão.

Natasha disse aos agentes que a criança era um menino de rua e que ela tinha resolvido ficar com ele para criá-lo em Curitiba.

Rodoviária Novo Rio

Devido ao início dos jogos olímpicos e paraolímpicos, um grande fluxo de pessoas deverá circular usando este terminal rodoviário. A estimativa é que cerca de mais de 2 milhões de pessoas passem pelo local a partir desta semana e boa parte deve ser turistas de outros países. Os estrangeiros deverão usar a rodoviária para visitar pontos turísticos localizados no estado.

O consórcio responsável pela administração do terminal Novo Rio divulgou, preocupado em como manter a segurança, uma nota informando que haverá uma aumento do patrulhamento realizado pelos agentes nesse período e o controle também será feito por filmagens.

Publicidade

Foram instaladas telas pela rodoviária para orientar os usuários a fazerem denúncias sobre situações que sejam suspeitas.

Um reforço na frota foi providenciado para dar conta do grande volume de passageiros; mais de quarenta empresas de transporte coletivo vão circular divididas em mais de 200 linhas, sendo algumas internacionais. É esperado que os dias mais movimentados sejam o dia da abertura dos jogos olímpicos e aqueles em que seja decretado feriado municipal. #Crime #Rio2016 #Casos de polícia