O corpo do menino Arthur Bosin de 9 nove anos de idade foi encontrado no início da noite da última segunda-feira (08), próximo a cidade de litorânea de Imbé, localizada ao norte do estado do Rio Grande do Sul. De acordo com o delegado responsável pelo caso, o garoto teria caído no rio devido a uma distração causada pelo novo jogo ''PokémonGO''.

Durante a brincadeira, Arthur estava na companhia de um amigo o qual conseguiu salvar-se do #afogamento. Agora a polícia pretende periciar o celular do menino para saber se na hora do afogamento eles estavam utilizando o aplicativo para tentar descobrir se o jogo teria influenciado na tragédia.

Publicidade
Publicidade

Lançado em julho passado, o aplicativo de celular Pokémon acabou tornando-se febre mundial pois trata-se de um jogo gratuito, o qual pode ser baixado em smartphones entre outros aparelhos com sistema operacional Android. Durante o jogo, o jogador precisa capturar pelas ruas diversas criaturas. O GPS do celular sempre avisa aos usuários quando algum monstrinho está pelas redondezas. Na tarde de ontem (08) por volta das 15:00h, Arthur saiu de casa acompanhado pelo amigo em direção a um terreno abandonado perto do local de onde mora. Na ocasião eles teriam embarcado em um pequeno barco utilizado por pescadores do bairro. Segundo testemunhas os dois adentraram sozinhos no rio Tramandaí minuto depois o barco acabou virando próximo a margem.

Os dois meninos acabaram caindo na água e Arthur acabou sendo levado pela correnteza.

Publicidade

A equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre foi acionada e começaram as buscas por Arthur ainda no decorrer da tarde de segunda-feira, mas tiveram que ser interrompidas no início da noite. Perto das das 20h o corpo da vítima teria sido encontrado por trabalhadores da empresa Transpetro os quais estariam auxiliando nas buscas. O menino foi enterrado no fim da tarde desta terça-feira (09) em Imbé.

Celular roubado no final de semana

De acordo com informações, este não é o primeiro caso com relação ao ''Pokémon GO'', na última semana um rapaz de 21 anos também do Rio Grande do Sul, teve seu smartphone furtado enquanto perseguia as criaturas pela cidade de Rio Grande, cidade portuária localizada ao sul do estado. O caso foi registrado pela Polícia Civil de Rio Grande e confirmado apenas nesta terça-feira (09).  #Acidente #Morte