O ator Murilo Rosa virou alvo de uma investigação policial, acusado de um #Crime que na constituição prevê até prisão. De acordo com informações da jornalista Keila Jimenez em reportagem publicada nesta segunda-feira, 22, o ator da Rede Globo de Televisão teria vendido ingressos falsos para a grande final do futebol masculino da Olimpíada, que aconteceu no maior estádio do país, o Maracanã. O estádio estava lotado de famosos, como a atriz Bruna Marquezine, que ganhou um abraço do ex (talvez atual de novo) namorado Neymar. Murilo, no entanto, ganhou uma dor de cabeça enorme por conta do jogo e de uma ação que cometeu. 

O galã das novelas brasileiras, tendo passagens até pela extinta TV Manchete, vendeu um par de ingressos justamente para um advogado.

Publicidade
Publicidade

Ele e o filho queriam muito ver a final do futebol no Maracanã e pode acompanhar o que seria um feito inédito do esporte brasileiro. O ator cobrou pouco mais do que os ingressos custaram para a dupla. Neles, estava escrito em cada um o valor de R$ 700, que vezes dois daria R$ 1.400. Murilo vendeu os bilhetes falsificados por R$ 1,5 mil. 

No entanto, segundo Keila Jimenez, ao chegar na porta do estádio, o advogado e o filho, que só tem doze anos, ficaram frustrados e não puderam entrar no estádio. Agentes avisaram que os ingressos não eram originais. Em entrevista para um jornal do Rio de Janeiro, o ator se redimiu da culpa, dizendo que havia comprado os ingressos de um desconhecido, garantindo que não tinha a menor ideia de que as entradas seriam falsas. Segundo o ator, ele também foi enganada.

Publicidade

O caso agora é investigado pela delegacia da Praça da Bandeira, próxima ao centro do Rio de Janeiro. Rosa pode ser processado e investigado por estelionato.

Uma fonte do ator diz que ele tenta devolver o dinheiro e negociar uma possível indenização para a dupla que comprou os ingressos dele. Oficialmente, ele não toca no assunto. Agora o profissional da dramaturgia será ouvido por agentes, que vão decidir se a investigação vai ou não à frente. Condenado, Murilo pode ficar quase três anos presos. No entanto, essa é uma possibilidade bem improvável de acontecer.  #Murilo Rosa