Fabrício, de 24 anos, é o rapaz que espancou a sua ex-namorada, Bianca, de 19 anos, por causa de uma discussão sobre quem iria ficar com o filho, fruto do relacionamento do casal. Segundo o depoimento dos dois, o homem queria sair para uma festa com uma nova parceira que teria conhecido recentemente, por isso não queria ficar com o menino. As informações são do portal R7, que não informou o sobrenome dos envolvidos. 

O caso aconteceu no Amapá e agora é investigado como #Crime, pois a moça acabou ficando com o rosto deformado após uma sessão de agressões de Fabrício e de sua nova companheira. O crime aconteceu no último dia 6 de agosto.

Publicidade
Publicidade

O casal sempre conviveu em um relacionamento muito conturbado mesmo antes da separação. O casal teria vivido junto por cerca de dois anos e, desse relacionamento, nasceu o filho deles. Mas quase um ano depois do nascimento do bebê eles se separaram por conviverem em meio a muitos problemas e até hoje compartilhavam a guarda do menino.

Pelo que Bianca contou em uma delegacia, este era o fim de semana em que o pai teria que ficar com o menino, porém ele retornou à casa dela com a criança, perguntando se ela poderia ficar com ele pois teria que ir para a tal festa. Como a jovem recusou o pedido, a confusão logo foi armada e as discussões começaram.

Pelo bairro Jesus de Nazaré várias pessoas presenciaram as agressões que Bianca sofreu. Os vizinhos ainda disseram ter ouvido quando o agressor ameaçou a jovem de morte e a chamou de doida.

Publicidade

No momento o rapaz estava acompanhado de uma jovem de 17 anos que, segundo as testemunhas, ainda teria ajudado a espancar a moça.

Segundo a vítima, a adolescente chegou a puxar os seus cabelos e por isso a sua mãe tentou ajudá-la. Então neste momento Fabrício, enlouquecido, pegou o carro e atropelou mãe e filha, arrastando-as por alguns metros. O resultado assustador disso tudo foi o rosto da jovem todo deformado e a sua mãe com a bacia fraturada, internada, sem previsão de melhoras.

No mesmo dia a prisão do suspeito foi feita. Ele estava em uma festa e foi detido, mas foi liberado no dia seguinte. O caso está sendo investigado e a delegada não tem dúvidas de que se trata de uma tentativa de homicídio.

Esta não foi a primeira vez que Bianca foi agredida por Fabrício. Há sete meses a jovem chegou a denunciar o ex-namorado na delegacia da mulher e obteve uma medida protetiva, totalmente desrespeitada pelo agressor.

Segundo a delegada, a atual namorada de Fabrício também já fez uma denúncia contra ele, por agressão. Em depoimento ele disse que Bianca é que teria começado as agressões e que quando ele foi tentar sair do local, acabou gerando o atropelamento acidental. Ele ainda afirmou ter fugido do local por medo de ser linchado pelos moradores. #violência contra mulher #Investigação Criminal