A confusão em que o deputado e pastor #Marco Feliciano se envolveu já virou uma novela. E cada hora aparece versões da jovem Patrícia Lélis de 22 anos que acusou Marcos Feliciano de tentar estuprá-la. Um novo fato surgiu neste sábado (06): foram divulgados os prints de algumas conversas entre Feliciano e Patrícia.

Patrícia Lelis chegou a gravar um vídeo desmentindo todas as acusações, afirmando que tudo não passava de mentiras da esquerda. Enquanto esse vídeo circulava pelas redes sociais, um outro áudio com a voz da jovem e do assessor parlamentar do deputado Marcos Feliciano também vazou na internet, mostrando que a jovem jornalista gravou toda a conversa.

Publicidade
Publicidade

Durante a conversa, Patrícia Lelis buscava a solução de algumas pendências dentro do partido em que estava filiada. A jovem afirma que foi prejudicada em seu relacionamento com um rapaz que se chama Tiago e era insistente em suas acusações. Não demorou muito para o caso chamar a atenção da mídia e dos adversários políticos do parlamentar.

Um procedimento para investigar o caso foi aberto no estado de São Paulo. Nesta sexta-feira (05), um assessor do parlamentar foi detido para prestar esclarecimentos sobre o assunto e depois foi liberado.

A jovem afirmou que foi mantida em cárcere privado, sofreu ameaças de morte e ainda teria sido obrigado a fazer o vídeo desmentindo a acusação.

Prints das conversas

A divulgação das conversas entre o Pastor Marco Feliciano e a jovem demonstram que foi a moça quem procurou se aproximar do parlamentar.

Publicidade

Em uma das conversas ela revela que sofreu abusos quando tinha 15 anos e tinha muitos problemas espirituais. No inicio da conversa fica claro a falta de intimidade entre eles.

Posicionamento de Marcos Feliciano

O parlamentar falou sobre o assunto neste sábado (06). Ele se pronunciou através de um vídeo onde estava ao lado de sua esposa e disse que acredita na justiça dos homens e na de Deus. Ele disse não ter se manifestado antes, pois sofre com ataques inverídicos todos os dias. Na gravação o pastor diz perdoar a jovem, apesar dela ter tocado em sua família.

Veja o vídeo do Pastor Marco Feliciano: 

 

 

  #Política