Ao tentar furtar um veículo no Centro de Londrina, no Paraná, um ladrão acabou levando a pior e apanhou de vários cidadãos que passavam pelo local.

O caso aconteceu no último dia 11 de agosto, depois que o proprietário do carro pegou o bandido com a 'boca na botija'. Ele e outros pedestres que estavam nas imediações conseguiram agarrar o meliante e derrubá-lo.

Éverson Aparecido Monteiro estava armado com uma faca. Ele ficou imobilizado no chão, com os pés e as mãos amarrados e aparentemente sem chance de defesa.  Até mesmo uma corrente com cadeado foi usada para evitar a fuga.

Em vez de apenas segurá-lo e chamarem a polícia para encaminhá-lo para o distrito policial, os populares passaram a fazer justiça com as próprias mãos.

Publicidade
Publicidade

Desferiram chutes e cotoveladas para anular qualquer hipótese de reação.  

Além da faca, o ladrão também portava uma chave de fenda. Pela aparência, trata-se de um rapaz de pouco mais de 20 anos. E a pouca idade foi confirmada pela polícia: 22 anos.

Segundo o proprietário do carro, o flagrante da tentativa de furto aconteceu próximo ao seu local de trabalho. A vítima chegou perto do veículo e viu o rapaz saindo de dentro dele. Ao perceber que havia sido descoberto, o acusado teria saído correndo com a faca.

A vítima contou que lutou com ele e conseguiu encurralá-lo contra a parede. Depois, com a ajuda de outros cidadãos, começou a bater no rapaz. A vítima alega que se não fizessem isso, ele fugiria e a polícia não conseguiria mais alcançá-lo.

No vídeo, gravado por um cinegrafista amador, aparecem até cinco homens em torno do jovem fazendo o trabalho de imobilização.

Publicidade

  

O acusado ficou com o rosto machucado, mas não precisou ser encaminhado ao hospital. Ele foi autuado em flagrante e ficará detido. Na delegacia foi constatado que ele já tem passagens por outros crimes.

Vale lembrar que as autoridades recomendam que nunca se deve reagir a assaltos e nem tentar aplicar correções físicas a criminosos pegos ou não em flagrante.

O vídeo a seguir mostra como tudo aconteceu:

#Crime #Casos de polícia