Um vídeo que mostra vários adultos fumando maconha com uma criança está chocando pessoas do mundo inteiro. As imagens estão disponíveis nas redes sociais e mostram cenas absurdas. Duas mulheres começam a fumar um cigarro de maconha e depois sopram toda a fumaça no rostinho da criança que tem idade entre 3 e 4 anos. De acordo com a NBC, o fato ocorreu em Idaho e a polícia conseguiu prender pelo menos duas das pessoas envolvidas e agora está em busca das demais.

O vídeo caiu nas redes sociais no último sábado, dia 20, e, desde então, já recebeu milhares de visualizações e um grande número de comentários criticando a atitude das mulheres.

Publicidade
Publicidade

O local onde os adultos estão fumando, parece ser a sala de uma residência e depois que o homem acende o cigarro de maconha, ele entrega para outra pessoa e assim eles começam a consumir a droga.

As imagens mostram nitidamente o momento exato em que uma mulher fuma e logo em seguia joga a fumaça dentro a boca da criança. Não suportando a droga, o garotinho ainda tenta virar a cabeça, mas a mulher que está ao lado observando tudo pergunta se a criança não quer ficar "doidão" e completa: "Ele está louco pra ficar".

Por enquanto, a polícia de Fort Hall acha melhor não passar maiores informações para não atrapalhar as investigações, porém, policiais já garantiram que as duas mulheres que estão fumando maconha com a criança, já foram presas, acusadas de colocarem o garotinho em risco. Outros dois adultos já tiveram a prisão decretada e a qualquer momento poderão ser detidos.

Publicidade

No vídeo abaixo você poderá ver o momento exato em que a mulher fuma a droga presente no cigarro e, em seguida, sopra na boca da criança no intuito de conseguir fazer com que ela também sinta os efeitos da maconha.

Nas redes sociais, um usuário deixou um comentário dizendo que "pessoas assim não merecem ter filho" e que espera ver todos eles na prisão.

Outro usuário disse que, atualmente, há várias pessoas querendo a legalização da maconha e que os resultados poderão ser iguais aos que vemos no vídeo, por isso, todos aqueles que são a favor da liberação estariam sendo hipócritas ao criticarem a mulher.

E qual é sua opinião? Deixe abaixo seu comentário! #Crime #Violência #Casos de polícia