Política, religião e futebol, são assuntos que geram enorme discussão em todos os cantos do #Brasil. Eleger as preferências dos brasileiros nesses temas, normalmente, acaba em discussões e questionamentos mais exaltados de todas as partes. Para tentar fugir desses assuntos mais controversos, o jornalista Luke Decock, do jornal americano The News & Observer, resolveu promover, durante as Olimpíadas no Rio de Janeiro, uma eleição "menos polêmica" aqui no Brasil. Qual a melhor cerveja do país? 

O ranking do jornalista americano foi baseado nas suas experiências pelos mais variados bares e barzinhos da capital carioca durante a Rio 2016.

Publicidade
Publicidade

Segundo ele, o top 5 foi eleito após uma considerável pesquisa.

5º - Skol 

Na quinta colocação do ranking aparece a primeira polêmica da lista. A cerveja mais vendida do Brasil e patrocinadora oficial do Jogos Olímpicos Rio 2016 não agradou muito o paladar do norte-americano. Ele, inclusive, chegou a comparar a bebida com meias molhadas e tapetes de repúblicas estudantis. 

4º - Stella Artois

A quarta colocada agradou bem mais o americano. Segundo o jornalista, o sabor da cerveja no Brasil é igual à todos os lugares do mundo, algo excelente. A desvantagem da bebida é o fato de não ser genuinamente brasileira, por isso, a quarta posição no ranking.

3º - Eisebahn Pale Ale

Para Luke Decock, encontrar cervejas artesanais no Brasil é uma tarefa bem complicada. Por isso, o sabor da cerveja de Santa Catarina agradou tanto o norte-americano.

Publicidade

Segundo ele, a Eisebahn Pale Ale está no mesmo nível das grandes cervejas americanas e mundiais.

2º - Brahma

A segunda posição ficou com a "marca de cerveja brasileira mais clássica", segundo Luke. Ele ainda afirmou que na maioria das vezes em que pedia um "chopp", era esta a cerveja que lhe traziam. Para o jornalista, a bebida é melhor que as cervejas de massa americana, apresentando pouco sabor residual.

1º - Antarctica

Visto que a Skol e a Brahma são as cervejas mais vendidas do Brasil, o primeiro lugar sem as duas só poderia gerar polêmica entre os brasileiros. Para Luke, apesar do sabor da Antarctica não ter nada de especial, a cerveja ainda possui um gosto mais limpo e nítido que a Brahma. Segundo o jornalista, provavelmente, a bebida iria agradar muito no mercado americano.

Concordou com o ranking do jornal dos EUA ou sentiu falta de alguma cerveja na lista? Não sua opinião, qual deveria ter sido a primeira colocada do ranking? Deixe sua opinião nos comentários.