Um trágico acidente ceifou a vida de Lorrayne Monteiro Chieregatto, uma jovem de apenas 19 anos. Ela morreu nesta quinta-feira (22), em decorrência dos graves ferimentos sofridos após um acidente na região de Tangará da Serra, a cerca de 300 km de Cuiabá, no Mato Grosso. Dois assaltantes fugiam da polícia, na última terça-feira (20), após terem cometido um #Crime na região. A estudante e sua irmã, que estavam pilotando uma moto, foram atingidas pelos bandidos em fuga, que estavam em alta velocidade também em uma motocicleta. A jovem Lorrayne foi arremessada durante o acidente e acabou perdendo o capacete durante o impacto. O choque contra a sua cabeça foi tão grande que ela sofreu traumatismo craniano.

Publicidade
Publicidade

Foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos graves.

A irmã da vítima, Leidiane Chieragatto, está bastante abalada e declarou que durante o acidente só conseguia pensar se a irmã mais nova estava bem e o que havia acontecido com ela. Segunda a Polícia Civil que investiga o caso, os dois assaltantes fugiam em alta velocidade quando atingiram as duas irmãs que passavam pela mesmo região. Elas foram surpreendidas e não tiveram tempo de desviar. O Corpo de Bombeiros que socorreu a vítima no local disse que o impacto foi tão grande que o capacete usado pela estudante saiu da sua cabeça. Ela foi levada para o Hospital Municipal com traumatismo craniano grave e inúmeras fraturas pelo corpo, e infelizmente acabaria por morrer. A irmã da vítima teve apenas ferimentos leves, mas está extremamente consternada.

Publicidade

O momento do acidente foi gravado pelas câmeras de segurança de uma panificadora da região. Quem dirigia a motocicleta era a irmã de Lorrayne, estando a vítima mortal como passageira. Os dois suspeitos teriam invadido a faixa preferencial em alta velocidade e colidiram com as duas. Um dos bandidos também acabou se ferindo, foi encaminhado para atendimento no hospital e após a assistência foi preso. O outro criminoso conseguiu fugir mas acabou sendo preso momentos depois pelos policiais. Os suspeitos já foram identificados, têm 19 e 22 anos, e seguem acusados pelos crimes de roubo e homicídio doloso.

#Casos de polícia