Enquanto a pauta em torno da reforma da Previdência Social ganha relevância, cresce também o interesse por planos previdenciários privados entre os trabalhadores, já prevendo possíveis desvantagens com as mudanças que devem ser aprovadas para o plano de aposentadoria estatal.

De acordo com a Federação Nacional de #Previdência Privada e Vida, o primeiro semestre de 2016 apresentou um aumento de 56% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando R$ 52 bilhões de reais acumulados. Além disso, a diferença entre retiradas e depósitos também foi positiva, sendo 7,64% maior que em 2015.

Atualmente, mais de 12 milhões de pessoas contam com a previdência privada e a expectativa é de que esse contingente aumente ainda mais, já que a quantidade de aposentados só tende a crescer no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Segundo o economista Paulo Tafner, em declaração o Jornal da Globo, em poucas décadas o sistema atual se tornará insustentável, já que para cada dois trabalhadores na ativa haverá um aposentado, valor correspondente a um terço do atual, que é de seis para um.