As câmeras de segurança de comércios, na região de vila Pioneiras, em Campo Grande (MS) conseguiram capturar o momento em que um menino de sete anos é atropelado por uma motocicleta. As imagens do #Acidente são chocantes, e foram feitas nesta segunda-feira (19), pela manhã, quando ocorreu o fato. Nas cenas, é possível visualizar três crianças que tentam atravessar uma via bastante movimentada. Uma delas não estava tão atenta quanto as outras e é atingida por uma motocicleta que passava pelo local. No momento do ocorrido, ela foi arremessada pela moto a poucos metros de onde estava.

O motociclista não parou para prestar o socorro imediato.

Publicidade
Publicidade

Além do acidente chocante, é possível ver que as outras crianças que assistiram a tudo, estavam desesperadas e tentavam socorrer o amigo que se encontrava, aparentemente, desacordado no meio da rua. Como se pode ver no vídeo, os companheiros da vítima correm atrás de socorro e gesticulam extremamente assustados. Umas das crianças, inclusive, tenta puxar o corpo do menino que sofreu o acidente para tirá-lo do local de passagem de veículos.

O menino foi socorrido primeiramente pelo Corpo de Bombeiros, e depois levado para o Hospital da Santa Casa. De acordo com relato emitido pela assessoria de imprensa, o hospital informou que, felizmente, a criança teve apenas uma fratura no membro inferior esquerdo, sem exposição óssea, e ferimentos superficiais na perna direita. Depois do susto, a criança estava alerta e brincava, se encontrava consciente na ala pediátrica do pronto-atendimento, aguardando somente avaliação dos ortopedistas, sobre uma possível cirurgia para reparar os danos feitos na perna esquerda.

Publicidade

Esse foi um dos casos de atropelamento que, felizmente, terminou bem, porém, os dados brasileiros sobre acidente de trânsito são alarmantes. Segundo o DATASUS os óbitos por causas externas (acidentes e violência) são as primeiras causas de morte na faixa etária compreendida entre um e trinta e nove anos de idade. Os acidentes de transporte ocuparam o primeiro lugar como causa de óbito entre crianças de um a nove anos, entre 2009 a 2014. Esses dados disponibilizados pelo governo mostram um cenário desastroso quando diz respeito à prevenção de acidentes, e nos apontam que são necessárias políticas públicas para que a situação seja alterada.

#Investigação Criminal