Uma situação inusitada, acontecida em uma cerimônia de #formatura, está agitando a internet. A postura adotada pela estudante de psicologia e, a partir daquela noite, psicóloga Claudemira Silva da Costa, que participava de sua cerimônia de colação de grau, no último sábado, dia 10 de setembro, em Camboriú, chama a atenção de milhares de internautas desde que o vídeo chegou às redes sociais.

Claudemira, 43 anos, ao ser anunciada pelo Mestre de Cerimônias ao som de Boate Azul, levantou a beca e mostrou seu #Bumbum para os presentes, ostentando um minúsculo fio dental. Se entre os famosos, como Bruna Marquezine, tal conduta já não causa espanto, em um evento fechado, marcado normalmente por discursos intermináveis, seriedade e trajes pesados, a atitude chocou os presentes.

Publicidade
Publicidade

Até mesmo o salto alto foi dispensado por Claudemira, já que muitas vezes é responsável por situações constrangedoras para as formandas que percorrem degraus e passarelas antes de receber o tão sonhado diploma.

O vídeo foi gravado pela filha da formanda, que acompanhava a cerimônia junto aos convidados dos demais formandos, realizado no Maria’s Camboriú, que também recebe shows de música e espetáculos diversos.

A exposição em uma solenidade oficial vem provocando discussões no meio acadêmico sobre a reação a ser adotada caso o fato venha a se repetir. Já há uma orientação vigente em outras faculdades alertando que a falta de decoro durante a cerimônia pode provocar a sua interrupção e sua anulação, devendo ser realizada novamente. Na ocasião em que Claudemira adotou tal atitude, a solenidade transcorreu até o final.

Publicidade

O evento em que os estudantes da Faculdade Avantis, de Balneário Camboriú, realizaram sua formatura teve a participação de centenas de convidados, e cinco dias depois, já havia sido visto por mais de cinco mil pessoas no #Facebook.

O caso do nu artístico no Planácio do Planalto

Se a ousadia da exposição maciça do corpo feminino em ambientes abertos já é uma realidade potencializada pelas redes sociais, ambientes sisudos até então alheios a este tipo de acontecimento agora já não são imunes. O Palácio do Planalto serviu de cenário, no dia 31 de agosto, para uma performance realizada pela maquiadora Ana Siqueira, que pintava o corpo de uma modelo identificada como Soraia. Detalhe: era a noite do impeachment e a modelo estava nua. O caso gerou a exoneração da servidora pública Anna Karina Maiorana.