Mais um caso chocante entre jovens. Seis adolescentes foram envenenadas após comer um doce em Cangaíba, Zona Leste de São Paulo. O caso aconteceu na Escola Estadual Professor Caetano Miele, onde estudam as jovens.

Como aconteceu

As adolescentes de 12 anos passaram mal dentro da sala de aula e foram atendidas na escola com sintomas de intoxicação. O professor das jovens presenciou a cena e logo chamou para SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. As garotas passaram muito mal e duas delas foram levadas para a UTI do Hospital Municipal de Tatuapé.

O envenenamento

Kaíque Vicente, de 21 anos, é namorado de uma amiga da adolescente que levou um pote de creme de avelã envenenado para a escola.

Publicidade
Publicidade

O jovem confessou para a Polícia que colocou veneno no doce com ajuda de mais uma pessoa. O delegado responsável pela investigação do crime, Paulo Fares Auad confirmou a informação depois do depoimento de Kaíque.

Mesmo com o jovem confessando o crime, ainda não se sabe que tipo de produto foi utilizado para intoxicar as meninas.

O pote de doce foi consumido no intervalo das aulas, quando as garotas estavam no pátio da escola fazendo lanche. Depois de 10 minutos após o alimento ser consumido, elas começaram a sentir os sintomas de envenenamento e passar mal.

A amiga da namorada de Kaíque, que levou o creme de avelã revelou ter comido um pouco e se sentido mal, por isso não continuou comendo e ofereceu as amigas.

A polícia agora investiga quem mais esteve envolvido no crime e qual a motivação.

Publicidade

Kaíque Vicente responderá em liberdade até o final das investigações. Ele será acusado por tentativa de homicídio. Segundo a Polícia Civil não é possível fazer o pedido de prisão por conta das eleições que acontecem domingo e por não ter sido pego em flagrante.

A mãe da menina que levou o doce para escola acusa o pai da menina de estar envolvido no crime. O caso segue sendo investigado pelo 10º Distrito Policial da Penha.

Notícias relacionadas

Professora doa rim para salvar sua aluna: assista o vídeo emocionante

Médica dá tapa em criança com Síndrome de Down e o chama de débil mental, veja o vídeo

Fé: corpo de Santa Inocência abre os olhos no México

Coala de verdade adotou um de pelúcia e agora são melhores amigos #Polêmica #Casos de polícia