Neste fim de semana, aconteceram os primeiros protestos de volume significativo contra o governo do presidente Michel Temer, do PMDB, que começou oficialmente em definitivo no dia 31 de agosto. Os principais protestos foram realizados nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. De acordo com os organizadores da manifestação na Avenida Paulista, pelo menos 70 mil pessoas foram às ruas. O maior canal de televisão do Brasil, a #Rede Globo, acabou preferindo boicotar os protestos, realizando apenas algum destaque no 'Fantástico'. Em compensação, o tradicional "Brazilian Day", evento cultural que reúne brasileiros residentes fora do país, teve destaque dentro do 'Domingão do Faustão'. 

O dono do programa de maior audiência na área de entretenimento chegou a se comunicar ao vivo com as pessoas que estavam na Sexta Avenida, em Nova York, nos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

Segundo Fausto Silva, o evento concentrou mais de um milhão de pessoas e ocupou pelo menos dezesseis quarteirões da região. No momento em que o apresentador fez o contato com as pessoas que estavam na festa, quem estava no palco era a banda mineira de rock Jota Quest. Também se apresentaram  Preta Gil, César Menotti e Fabiano, além de outros artistas. 

Os protestos contra Temer ainda são pequenos, quando comparados aqueles que foram capazes de mobilizar a imprensa, levando milhões de pessoas às ruas. A Globo costuma dar destaque a cobertura conforme o número de manifestantes ou a importância daquele ato em si. Mesmo tentando evitar mostrar os protestos contra Temer, o canal viu na rede fechada, através do Multishow, manifestações contra o atual presidente da repúblicas 

Em 2015 também teve polêmica

No meio da multidão, alguns cartazes mostravam o descontentamento de alguns contra o peemedebista.

Publicidade

Em 2015, quem acabou polemizando no evento foi o cantor Fábio Junior, que insinuou que o Partido dos Trabalhadores (PT) estaria ajudando a roubar o país. Ele chegou a fazer uma homenagem a bandeira nacional e foi muito aplaudido pelos presentes.