Está se aproximando mais um "#Horário de Verão" e gostando ou não, muitos brasileiros terão que se adaptar a uma nova rotina, pois a partir da zero hora do dia 16 de outubro, os relógios passam a funcionar com uma hora a mais, sendo assim, quando for meia-noite, lembre-se de adiantar uma hora.

O horário de verão 2016/2017 estará prevalecendo para as regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil, envolvendo os seguintes estados: Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e também o Distrito Federal.

Será a 41ª vez que o país adota o "Horário de Verão" que irá vigorar até o dia 19 de fevereiro do próximo ano, quando os relógios serão reajustados e os brasileiros terão que voltar uma hora.

Publicidade
Publicidade

O verão no Brasil é sempre muito quente e há um aumento muito grande no consumo de eletricidade, por causa do aumento na refrigeração, condicionamento de ar e também no uso da ventilação. Agora é muito comum encontrarmos ventiladores ligados em residências, comércios e empresas em geral, além do uso do ar condicionado, que tem se tornado uma rotina no dia a dia dos brasileiros.

A intenção do governo é fazer com que as pessoas aproveitem por um maior período a luz natural, principalmente no horário de pico, que vai das 18 às 21 horas. É durante esse período que o consumo de energia chega ao máximo, pois há um grande número de pessoas e empresas usando a energia elétrica ao mesmo tempo.

Para o Operador Nacional do Sistema Elétrico, é muito importante a redução no fornecimento de energia elétrica, para que as empresas responsáveis pela operação do sistema em todo o país possam atender aos consumidores com melhor qualidade, mas para isso se faz necessário deixar as linhas de transmissão mais livres.

Publicidade

Outro item importante é que os reservatórios precisam preservar a água ao máximo, principalmente para o caso de acontecer uma estiagem mais prolongada. Quanto mais evitarmos o uso de combustível ou carvão mineral para o uso de geração de energia, melhor tanto para a preservação da natureza, como também para evitar os reajustes nas contas.

O governador da Bahia, Rui Costa, já avisou que, mais uma vez, o estado ficará fora da medida que adianta os relógios em uma hora. Em 2015 foi realizada uma pesquisa na Bahia onde a maioria dos entrevistados se manifestou contra o "Horário de Verão". Rui  Costa informou que pretende manter a mesma posição do ano passado.

E você, é contra ou a favor do "Horário de Verão"? #Curiosidades #Comportamento