Um crime chocou os passageiros que passavam pelo saguão do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, no final da manhã de segunda-feira (19). O jovem identificado como Marlon Roldão Soares, de 18 anos, foi brutalmente morto por volta das 11h, no terminal dois.

Segundo as investigações da polícia que começaram ainda no dia da execução o adolescente não seria o alvo dos bandidos, e ele teria sido morto por engano. Marlon teria ido até o aeroporto internacional para se despedir de um amigo que iria viajar, e seria esse amigo que estaria na mira dos bandidos. De acordo com a divulgação da polícia, o amigo estava viajando para o Espírito Santo fugindo das ameaças de uma facção criminosa inimiga da sua.

Publicidade
Publicidade

No momento do #Crime, Marlon se despedia dele no saguão perto do portão de embarque do terminal dois, junto dos dois estariam outros jovens também amigos do adolescente que partia. No meio do grupo Marlon teria sido confundido.

O alvo verdadeiro dos bandidos conseguiu fugir abandonando a bagagem no aeroporto. Outra hipótese também levantada pelos investigadores é a de que ainda que soubessem que Marlon não era a pessoa a ser executada, o fizeram mesmo assim, na tentativa de demonstrar poder e a força da facção. Todos os jovens que estavam no aeroporto no momento, moravam na Vila Jardim, bairro da Zona Norte de Porto Alegre que é dominada por uma facção criminosa.

O adolescente morto chegou a morar no bairro, e mesmo não estando mais lá continuava com amizades do local. Nas cenas gravadas pelas câmeras de segurança do aeroporto é possível ver que o grupo de adolescentes não vê os bandidos se aproximando, pois, estavam de costas.

Publicidade

Esse pode ter sido um dos motivos da confusão com a identidade do rapaz. A primeira hipótese da polícia foi, a princípio, de que Marlon pudesse estar envolvido com a namorada de algum criminoso, mas depois de serem averiguados os fatos, está ficando cada vez mais distante essa possibilidade.

Os dois suspeitos estão sendo procurados, e as principais pistas são as imagens gravadas, e o carro com que fugiram. A família enterrou o corpo do rapaz em Porto Alegre, e está extremamente chocada com o que aconteceu. Um tio declarou à imprensa que quer justiça, e que Marlon era um jovem muito tranquilo e inteligente, e que infelizmente perdeu um futuro inteiro pela frente. #Investigação Criminal #Casos de polícia