Também em viagem na China acompanhando o presidente Michel Temer, o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, falou com jornalistas sobre a dimensão dos protestos contra o governo que ocuparam a Avenida Paulista neste domingo, dia 4. “É uma manifestação razoável”, disse ele, que afirmou que a manifestação de ontem não foi tão grande quanto outras já realizadas no país.

“100 mil pessoas é um número substancial, mas já tivemos outras muito maiores, com um milhão de pessoas”, disse Meirelles, que classificou a parcela da população insatisfeita com o governo como “minoritária”, mas ainda assim “substancial”. Questionado sobre a visão que os protestos passam do Brasil no exterior, Meirelles afirmou que isso não deve ser um problema e que enxerga uma “confiança externa muito forte” no Brasil.

Publicidade
Publicidade

O ministro também afirmou que o governo tem se empenhado em trabalhar junto com o Congresso para aprovar medidas financeiras que atenuem a situação econômica do país, e que a meta é “criar empregos” para eliminar o grande número de desempregados no país, segundo eles, um número “muito maior do que esses 100 mil” protestantes. #Protestos no Brasil #Michel Temer #PMDB