O episódio aconteceu no interior da Bahia, na cidade de Caldas do Jorro, localizado a 255 Km da capital baiana. Era manhã do último domingo, dia 25 de setembro, e as imagens das câmeras internas de segurança registraram a tentativa de sequestro e roubo, na garagem da residência da própria vítima, no momento em que ela fechava o carro. O suspeito teve sua ação criminosa frustrada por ter ficado preso ao portão eletrônico, que por pouco não o esmagou.

Analisando as imagens das câmeras de segurança que estavam instaladas na garagem da casa, é possível ver o momento em que a vítima chega à sua casa e guarda o veículo na garagem.

Publicidade
Publicidade

Ela então saiu do carro, retornando novamente ao veículo, a impressão que se tem é que ela teria esquecido o controle do portão eletrônico e retorna para buscá-lo. Nesse momento, percebe-se que o portão eletrônico foi acionado e começa a fechar. A mulher, que está com a porta do carro ainda aberta, é surpreendida pelo marginal, que entrou em sua garagem. O homem aparece armado e começa a ameaçar a vítima, puxa a mulher pelo braço e sai arrastando-a na direção do portão para retirar a vítima de dentro da garagem.

A mulher resiste e consegue se soltar. Neste momento, o criminoso, que estava na direção do portão, fica imprensado. Ele permanece preso ao portão, mostrando nervosismo para tentar se livrar, pois o portão começa a esmagá-lo. O bandido, enfim, consegue se soltar e foge, sem levar nada.

Publicidade

Nas imagens, dá para observar que o homem não estava sozinho, tinha um comparsa do lado de fora perto do portão aguardando-o. Este segundo homem só observa toda a ação. Quando o homem que entrou armado se livra do portão, os dois fogem.

Depois do grande susto, felizmente não aconteceu nada com a vítima. Ela não ficou ferida e também não teve nenhum pertence levado pelo ladrão.

Em depoimento na delegacia, a vítima contou que o homem teria tentado sequestrá-la. Que chegou armado ameaçando-a e a arrastou na tentativa de levá-la. A tentativa do homem só foi frustrada devido ao portão automático da residência. A polícia local já está em posse das imagens das câmeras de segurança da residência da vítima para analisar e tentar identificar os dois suspeitos que aparecem no vídeo. Depois de identificar, serão feitas buscas para encontrar os dois meliantes, e autuá-los pelo #Crime cometido.

Até o fechamento desta matéria, o suspeito e seu comparsa ainda não haviam sido identificados. #Casos de polícia